keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem é preso depois de jogar farinha e agredir a esposa

Caso foi registrado nesta quarta-feira (23)

Imagem Ilustrativa/Visor Notícias

Um homem foi preso pela Polícia Militar (PM) na cidade de Indaial nesta quarta-feira (23) acusado de violência doméstica. Segundo informações, o homem 42 anos deu um tapa no rosto da esposa e jogou farinha no rosto e corpo.

Ao chegar na casa do casal, a polícia conversou com a vítima que contou que o marido havia lhe agredido. Diante dos fatos, o homem recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil do município para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Homem é preso por descumprir medida protetiva contra a ex-mulher em Gaspar

Ela possuía medida protetiva de afastamento e proibição de manter contato desde o ano passado

Segurança

Operação conjunta apreende 400 mil maços de cigarros contrabandeados em Chapecó

Veículo, a mercadoria e o condutor foram entregues na Polícia Federal

Segurança

Operação desmantela quadrilha de traficantes que abastecia o Oeste de SC

Foi constatada a existência de um grupo formado por pelo menos seis pessoas associadas para a traficância de drogas ilícitas entre Maravilha e Chapecó

Segurança

Trânsito de Balneário Camboriú sofrerá alterações devido à Marcha para Jesus

Agentes de trânsito estarão no local, monitorando o fluxo de veículos durante a intervenção

Segurança

Menino que sonhava em ser policial morre após ser brutalmente espancado na saída de escola

Adolescente chegou a ser encaminhado em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos

Mais notícias

Geral

Vídeo: Âncora da CNN comete gafe e fala palavrão ao vivo

Internautas não perdoaram e vídeo viralizou na web

Segurança

Homem é preso por descumprir medida protetiva contra a ex-mulher em Gaspar

Ela possuía medida protetiva de afastamento e proibição de manter contato desde o ano passado