keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem é espancado com garrafadas na praia de Balneário Camboriú

Polícia investiga o caso. Vítima foi hospitalizada

A Polícia Militar foi acionada via Central de Emergência 190, na manhã deste domingo, 18, para atender uma ocorrência de lesão corporal grave na Avenida Atlântica, próximo da rua 1200, na faixa de areia da praia.

No local a guarnição localizou um homem deitado na faixa de areia e sinais de violência e marcas de sangue em volta. Foi possível observar que o homem tinha cortes na cabeça. Logo em seguida se fez presente o SAMU que realizou o atendimento e o encaminharam ao hospital Ruth Cardoso. Um popular informou que um grupo de homens agrediram a vítima com várias garrafadas. Não foi possível identificar os agressores nem conseguir mais informações devido ao quadro de saúde da vítima. A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM

Segurança

Polícia Civil prende homem que estava foragido por tráfico de drogas em Tubarão

O homem foi preso ainda em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo

Segurança

Adolescente ameaça cometer atentado em escola de SC

O jovem é diagnosticado com transtorno mental e foi identificado e medicado

Mais notícias

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM