keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem é esfaqueado em bar após incomodar mulheres

Depois de muita insistência, um cliente saiu do bar e voltou armado com a faca, desferindo golpes de faca contra o homem

Imagem Ilustrativa

Um homem foi esfaqueado no último domingo (31) em um bar após incomodar mulheres que estavam no local. O caso aconteceu no município de Grão-Pará.

Segundo testemunhas, uma das mulheres pediu para que o homem parasse de aborrecê-las. Outros clientes também solicitaram que o autor cessasse com a perturbação.

Depois de muita insistência, um cliente saiu do bar e voltou armado com a faca, desferindo golpes de faca contra o homem.

A vítima recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros e do Samu e foi encaminhada até o Hospital de Braço do Norte. Não informações sobre o estado de saúde.

Conforme a PM, o homem sofreu duas perfurações do lado esquerdo, uma delas teria atingido o pulmão. Já o autor foi encontrado pela guarnição em sua residência e preso. Posteriormente, foi conduzido para a Delegacia de Tubarão por tentativa de homicídio.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Homem é preso furtando caminhão em Porto Belo

Prisão ocorreu às margens da BR-101

Segurança

Irmãos traficantes são detidos pela polícia em Itapema

O homem que foi flagrado com a droga afirmou que a maconha pertencia ao outro, que é seu irmão menor de idade

Segurança

Pedófilo europeu de 77 anos procurado internacionalmente é preso em SC

O abuso sexual contra a criança ocorreu em 2019 e o idoso era procurado pela Justiça portuguesa desde então

Segurança

Homem invade UTI e mata paciente com cinco tiros

A vítima estava internada após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo (14)

Segurança

Homem que tentou matar esposa por não aceitar separação e divisão de bens é condenado

Em sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Braço do Norte, o réu foi sentenciado a 10 anos e oito meses, em regime inicial fechado, por tentativa de feminicídio qualificado por motivo fútil e emboscada.

Mais notícias