keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Homem é condenado há 15 anos de prisão após invadir residência e assaltar idoso

Denunciado por roubo e porte de arma de fogo pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), José Fernando dos Santos foi condenado, nesta terça-feira (4), ao cumprimento da pena privativa de liberdade de 15 anos, seis meses e 20 dias de reclusão em regime inicial fechado e ao pagamento de 36 dias-multa. O roubo, praticado em uma residência pelo réu enquanto estava em saída temporária da pena que cumpria pelo crime de tráfico de drogas, ocorreu no interior do município de Saudades e fez de vítimas um idoso de 84 anos e sua filha. 

Conforme a denúncia da Promotoria de Justiça de Pinhalzinho, o crime hediondo ocorreu no dia 22 de agosto de 2019. A investigação policial apurou que o réu e mais um comparsa pediram água à filha do idoso e, na sequência, já com arma em punho, anunciaram que se tratava de um assalto e que queriam dinheiro e armas. Ao perceberem também a presença do idoso no local, buscaram-no e determinaram que ambos ficassem deitados no chão, desferindo-lhes chutes nas pernas e ameaçando o idoso de morte caso olhasse para eles.

O Promotor de Justiça Douglas Dellazari sustentou que, não tendo localizado o dinheiro, o réu e seus comparsas subtraíram diversos objetos da residência, inclusive o veículo da família, utilizado depois para a fuga. Poucas horas após o roubo, o autor foi preso em flagrante na cidade vizinha de Chapecó, portando a arma utilizada na ameaça contra as vítimas.

Geral

Leilão do Instituto Guga Kuerten segue até o final de setembro

IGK está leiloando camisetas oficiais de times de futebol

Geral

Hospital Marieta se prepara para iniciar tratamentos com radioterapia aos pacientes do SUS

Medida beneficiará os pacientes oncológicos dos 11 municípios que compõem a Amfri

Brasil, Geral

Medidas provisórias liberam R$ 2,5 bilhões para vacinas contra coronavírus

Os R$ 2,5 bilhões serão liberados para o Fundo Nacional de Saúde na forma de créditos extraordinários

Geral

Deputado Kennedy Nunes será relator da denúncia no Tribunal Especial de Julgamento do Governador

Kennedy terá o prazo de 10 dias, contados a partir de segunda-feira (28), para apresentar seu parecer

Geral

Ministro do STF decide que Estado terá que ajudar Hospital Ruth Cardoso com R$ 2 milhões por mês

Estado continua obrigado a prestar suporte mensal de R$ 2 milhões para manutenção dos serviços do hospital

Mais notícias