keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem é acusado de estuprar enteada e obrigá-la a dizer que bebê é do namorado

Namorado chegou a desconfiar, na época, que não fosse o pai da criança e pediu para fazer o DNA

X

Um homem de 40 anos foi preso preventivamente suspeito de estuprar e engravidar a enteada, e obrigá-la a registrar o bebê no nome do namorado que ela tinha na época. O caso aconteceu quando a jovem, hoje com 16 anos, tinha apenas 13 anos de idade e foi registrado em Palestina de Goiás, a 303 quilômetros de Goiânia, região oeste do Estado.

Durante esse tempo, a adolescente se manteve calada por medo e procurou ajuda, recentemente, depois de dizer que não aguentava mais guardar consigo o que havia ocorrido no passado. A Delegacia de Polícia (DP) da cidade deu início à investigação e o homem confirmou, no interrogatório, ter abusado sexualmente da enteada. A confirmação da paternidade será obtida após a realização do exame de DNA. Amostras do padrasto e do namorado da jovem foram colhidas para confrontar com a amostra genética da criança.

DNA

De acordo com a polícia, o namorado chegou a desconfiar, na época, que não fosse o pai da criança. Ele disse que não poderia ser ele e expressou o desejo de fazer o DNA. Para evitar que tudo fosse descoberto, no entanto, o padrasto da adolescente interviu e fez com que o rapaz mudasse de ideia. O jovem acabou registrando o bebê.

Tudo isso só veio à tona com o relato da jovem e o conteúdo dos interrogatórios. O homem contou à polícia que os abusos começaram há cerca de quatro anos e que eles ocorriam sempre que a mãe da adolescente os deixava sozinhos em casa.

Ele contou, ainda, que mesmo percebendo a semelhança dos traços da criança com os seus, o que poderia levantar certa suspeita, preferiu dizer que era filho de outra pessoa para salvar o casamento com a mãe da enteada. A previsão é de que o inquérito seja concluído nos próximos dias e remetido ao Judiciário, já com o laudo de comprovação da paternidade.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”

Segurança

Bebê de 7 meses é baleada no peito durante assalto em SC

Criança estava no colo do pai quando assalto aconteceu

Segurança

Júri popular de homem acusado de matar mulher de Itapema em SP é adiado

Família de Itapema viajou para São Paulo para acompanhar o julgamento, mas receberam a informação que o júri foi adiado

Segurança

Filho da cantora Walkyria é encontrado morto após fazer brincadeira no TikTok com amigo

Comentários no TikTok fizeram o adolescente tirar a própria vida

Mais notícias

Segurança

Veja as fotos de ritual satânico feito por estudante de medicina que matou os pais

O caso é investigado pela Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa

Segurança

“O diabo desceu até vós, pouco tempo lhes resta”, estudante de medicina mata os pais em suposto ritual satânico

Após matar os pais, o estudante teria ligado para um familiar e dito que tinha “feito uma bobagem”