keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Havan reforça venda de Bandeiras do Brasil após polêmica

Símbolo nacional pode ser adquirido pelo preço de custo de R$ 19,99 em todas as mais de 170 megalojas

Divulgação

A rede varejista Havan lançou uma nova campanha para reforçar a venda das Bandeiras do Brasil. A ação iniciou após a polêmica envolvendo uma juíza eleitoral do Rio Grande do Sul, a qual disse que o símbolo nacional se tornou marca de “um lado da política” no país.

As Bandeiras podem ser adquiridas pelo preço de custo de R$ 19,99 em todas as mais de 170 megalojas espalhadas por todo o país. “A Bandeira do Brasil representa nossa história e identifica a nação brasileira. Todo cidadão tem direito de exaltá-la, independentemente de partido”, destaca o dono da Havan, Luciano Hang.

Além do símbolo nacional, a varejista oferece ainda camisetas verdes com a frase “O Brasil que queremos só depende de nós” estampadas na frente, assim como no uniforme dos colaboradores Havan. “Devemos incentivar cada vez mais o patriotismo, temos que ter orgulho do nosso país, da nossa Bandeira. Fico impressionado com esse tipo de notícia. Um ativismo judicial absurdo. É a liberdade sendo tolhida todos os dias”, acrescenta Hang. 

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Brasil

Florianópolis, Palmas, Rio de Janeiro e Vitória podem ativar o 5G

Decisão do Gaispi permite que antenas de quinta geração entrem em operação nas quatro capitais

Brasil

Dia dos Pais: entenda origem da data no Brasil e no mundo

Comemoração na maioria dos países ocorre em junho

Brasil

Petrobras reduz preços de venda de diesel para as distribuidoras

Preço médio de venda de diesel A terá redução de R$ 0,22 por litro

Mais notícias

Segurança

Prefeito de BC solicita audiência no STJ pra tratar sobre atuação da Guarda Municipal

Só no mês de julho deste ano, a Guarda Municipal de Balneário Camboriú contabilizou 2.925 ocorrências

Segurança

Mãe leva filho para jogar pedras nas casas dos vizinhos

A PM a prendeu em flagrante por maus-tratos