keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Governo de SC dá inícia processo de construção da sede própria do Instituto de Cardiologia

A área total a ser construída será de 38.446,87, em um espaço ao lado do Hospital Regional

Divulgação

Com um investimento que ultrapassa os R$ 300 milhões, o Governo do Estado publicou o edital de contratação de empresa para a construção da nova sede do Instituto de Cardiologia. A unidade, que funciona de forma anexa ao Hospital Regional de São José, passará a ter uma estrutura própria, dobrando de tamanho e qualificando os serviços.

O edital estará no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 30. O Instituto é considerado o centro de referência de média e alta complexidade nos serviços especializados em cardiologia, atendendo pacientes de todas as regiões do estado.

“Nosso trabalho é focado em diminuir o sofrimento da vida das pessoas. E é isso que vamos fazer como essa nova sede. Sai o improvisado, entra gestão com trabalho para entregar mais saúde à população”, frisou o governador Carlos Moisés.

“Este é um momento de extrema importância para a saúde de Santa Catarina. O novo Instituto de Cardiologia oferecerá um atendimento ainda melhor, trazendo mais segurança aos pacientes e proporcionando também aos servidores da saúde uma qualificação no seu ambiente de trabalho”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Aldo Neto.

A área total a ser construída será de 38.446,87, em um espaço ao lado do Hospital Regional. O prédio contará com com dois blocos interligados por uma passarela: um será a área hospitalar e para o outro está previsto um edifício garagem.

O bloco hospitalar possui dois subsolos e 12 pavimentos. A unidade contará com pronto atendimento; ambulatório hospitalar, com 23 consultórios; dois consultórios para atendimento em psicologia e assistência social e um consultório odontológico, além da completa Unidade de Imagem e Medicina Nuclear.

Também farão parte da estrutura um Centro Cirúrgico e Hemodinâmica, com oito salas de cirurgia e três salas de hemodinâmica; Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) com capacidade para 50 leitos; Unidade de Internação com 150 leitos, centro de medicina nuclear e hospital dia com 10 leitos. O prédio ainda contará com um heliponto, preparado para receber pacientes, além de salas de aula e auditório.

O diretor do Instituto de Cardiologia, Tiago Meister, destaca que o momento é histórico. “O nosso hospital vai duplicar de tamanho, ampliar a capacidade cirúrgica e o atendimento. É um grande avanço. Esperamos que esse seja o primeiro passo de uma nova era da cardiologia em Santa Catarina”.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Política

Exército brasileiro passa a investir na criação de gado

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

Política

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

A chapa terá Padre Kelmon como candidato à vice-presidente

Política

Bolsonaro e Braga Netto declaram patrimônios para a disputa ao Planalto

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

Política

Santa Catarina tem 10 candidatos a governador confirmados; veja os nomes

Esse quadro ainda pode mudar até o dia 15 de agosto, quando o pedido de registro das candidaturas deve ser feito

Mais notícias

Segurança

Homem mantém a ex-companheira em cárcere privado e incendeia casa

No momento que a mulher registrava o Boletim de Ocorrência, o suspeito mandou mensagens via aplicativo que atearia fogo na casa