keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Furação Catarina que destruiu 40 mil casas e matou 11 pessoas completa 17 anos

Furação Catarina atingiu o Sul com ventos de intensidade 2 e provocou diversos estragos

X
Foto: Divulgação/ND+

Há 17 anos, Santa Catarina e o Rio Grande do Sul registravam o início de um fenômeno meteorológico. A formação do Furação Catarina. O fato, que chegou até a confundir os centros de monitoramento do país, ocorreu no inicio do outono de 2004. A princípio, a suspeita era de um ciclone extratropical. Mas os meteorologistas da Epagri Ciram acreditavam que estavam vendo um fenômeno nunca antes observado no Atlântico Sul.

“A gente esperava que fosse algo fora do comum. Fora do normal que a gente conhecia. E que, sim, seria com prejuízos, com transtornos e riscos de morte por conta disso. Centros nacionais levaram a coisa como algo muito pequeno. Afirmaram que os ventos não passariam dos 60 km por hora. Que não era motivo para nenhum tipo de alarde”, relembra a meteorologista Gilsânia Cruz. E realmente era um furacão que causou mortes e muito estrago.

O Furação Catarina atingiu o Sul com ventos de intensidade 2 e provocou diversos estragos. Foram destruídas quase 2 mil casas e danificadas quase 40 mil. Mais de 14 municípios decretaram calamidade pública. Apesar da inexistência de uma estrutura de alertas específicos para ciclones tropicais, as autoridades brasileiras conseguiram evacuar a população litorânea com rapidez. 

Fonte: ND+

Geral

Mulher encontra cobra venenosa dentro de saco de alface

Produto foi comprado em uma rede de supermercado

Geral

Setor de serviços em Santa Catarina tem alta de 9,9% em fevereiro

O volume de serviços em SC no acumulado de janeiro e fevereiro teve crescimento de 7,5%, o maior entre as 27 Unidades da Federação.

Geral

Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado

Com apenas uma aposta da Dupla-Sena, o apostador concorre a dois sorteios no mesmo concurso. Ganha quem acertar 3, 4, 5 ou 6 números, tanto no primeiro quanto no segundo sorteio.

Geral

Leão-marinho resgatado em SC tinha bala de arma de fogo alojada na cabeça

Ainda na quarta-feira, o pinípede foi hidratado e medicado. Mesmo com todos os esforços da equipe, o leão-marinho morreu no início da manhã desta quinta.

Geral

Ministério Público dá prazo para empresas potencialmente poluidoras apresentarem licenças ambientais em Porto Belo

A multa diária de R$ 5 mil deverá ser aplicada caso deem continuidade às atividades poluidoras sem as devidas licenças após o prazo concedido para regularização

Mais notícias