keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Fósseis de conodontes com 295 milhões de anos são encontrados em SC

Descoberta tem atraído pesquisadores brasileiros e estrangeiros

X
Foto: UnC/Divulgação

Foram encontradas em Mafra, no Norte do Estado, microfósseis de conodontes, animais considerados ancestrais dos peixes atuais. Os exemplares descobertos no local de pesquisas da Universidade do Contestado (UnC) atraíram o interesse de diversos pesquisadores brasileiros e até estrangeiros.

Os conodontes estão extintos, mas existiram há aproximadamente 295 milhões de anos em Santa Catarina. Atualmente, os estudos sobre esses animais possibilitam entender o clima e a biogeografia dos oceanos na Era Paleozoica, além de funcionar como uma importante ferramenta na datação de rochas sedimentares e na indústria do petróleo.

Ancestrais dos peixes atuais, os conodentes são classificados como cordados primitivos, vertebrados e ágnatos. Muito possivelmente eram presas das diversas espécies de peixes que existiam no grande mar que cobria a região naquele tempo. 

Morfologicamente, eles eram muito parecidos com as enguias atuais, possuíam corpo alongado e tinham simetria bilateral. Estima-se que seus corpos tinham entre 2 e 3 milímetros de largura e 40 milímetros de comprimento, apresentavam barbatanas, olhos e dentes. São os dentes que formam os vestígios mais encontrados na região por serem estruturas mais resistentes.

Fósseis na região de Mafra

Conforme o coordenador do Centro Paleontológico, Dr. Luiz Carlos Weinschütz e o professor Everton Wilner, ambos da UnC, exemplares de conodontes já eram conhecidos desde 1908 (antes mesmo de Mafra existir), mas as pesquisas foram intensificadas desde 1990, quando foi criado o Centro Paleontológico da Universidade do Contestado.

— Podemos destacar a ocorrência de 5 a 6 espécies de peixes paleoniscídeos, pelo menos uma espécie de tubarão, várias espécies de braquiópodes, esponja marinha, muitos insetos, amonites, fragmentos vegetais, microfósseis, entre outros.

— A diversidade nos dá evidências de como seria a geografia e clima da região. Hoje uma das hipóteses é que na região existia um corpo d’água (grande mar continental) com pouca oxigenação, que ocupava áreas baixas e até possivelmente estruturas canalizadas tipo fiordes originados pela movimentação de geleiras deste período glacial — explicam os pesquisadores.

Fonte: NSC

Geral

Três homens são presos por tráfico de drogas em SC e no Paraná em ação conjunta da Polícia Civil

Em maio, a investigação identificou um paraguaio que foi a Chapecó para promover o repasse de um carregamento de cocaína.

Geral

Caso da fazendeira desaparecida encontrada dentro de cobra píton volta à tona e assusta moradores

Moradores mataram a cobra e ao abri-la, se depararam com o corpo da fazendeira

Geral

Cachorro gordinho tenta fugir de casa e fica preso entre as grades do portão

Bombeiros conseguiram retirar o animal das grades; apesar do susto, ele não se feriu

Geral

Tóquio: Simone Biles fatura bronze na trave no retorno à competição

A brasileira Flávia Saraiva teve uma falha logo no começo da apresentação e terminou em sétimo lugar com a nota 13,133.

Geral

Prato do festival Balneário Saboroso faz sucesso e restaurante decide manter menu especial por mais 15 dias

Prato é sucesso e procura é tão grande, que o restaurante prorrogou a promoção

Mais notícias

Geral

Três homens são presos por tráfico de drogas em SC e no Paraná em ação conjunta da Polícia Civil

Em maio, a investigação identificou um paraguaio que foi a Chapecó para promover o repasse de um carregamento de cocaína.

Animal

Vídeo: Blogueira aparece brincando com cobra que pode matar 20 homens com uma mordida

A mulher indiana acumula milhares de seguidores e milhões de visualizações em seus vídeos nas redes sociais