keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Florianópolis tem a quarta carne mais cara da América Latina

Pesquisa faz comparativo do valor da carne com o salário mínimo do Brasil

Divulgação

O que parecia não ser uma preocupação constante se tornou a dificuldade diária do brasileiro nos últimos 2 anos: a falta de carne vermelha na mesa. Sabendo que essa é a realidade de muita gente, o CUPONATION, plataforma de descontos online levantou dados sobre o preço da proteína no Brasil e nas nações vizinhas.

De acordo com um estudo realizado pelo banco de dados global Numbeo, pelo menos 9 cidades brasileiras aparecem no ranking do quilo da carne vermelha mais cara da América Latina. Das 26 cidades presentes na pesquisa, São Paulo ocupa o terceiro lugar do ranking e é a cidade brasileira a cobrar mais caro pelo alimento, na qual os cidadãos pagam em média R$45,03 o kg.

O CUPONATION comparou esse valor com o salário mínimo atual oferecido no Brasil, de R$1.200 mensais, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Com isso, os paulistanos gastam cerca de 3,75% de sua remuneração com o quilo da carne. Isso, é claro, considerando que esses cidadãos consumam apenas 1kg do produto por mês.

Além de São Paulo, as cidades brasileiras que também aparecem no ranking são: Florianópolis (4º), Rio de Janeiro (5º), Porto Alegre (6º), Brasília (7º), Campinas (8º), Recife (11º), Curitiba (12º) e por fim Belo Horizonte (15º).

Santiago, no Chile, e Montevidéu, no Uruguai, são os territórios que garantiram o primeiro e segundo lugares do quilo de carne vermelha mais cara da América Latina, na qual as populações precisam desembolsar R$49,75 e R$45,88, respectivamente, pelo item. Bucaramanga, na Colômbia, ficou em último lugar do ranking.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Economia

Oportunidades de negócios em SC são apresentadas para 30 países

SC Day foi realizado na Embaixada de Portugal, em Brasília

Economia

Programa do governo de SC deve capacitar 5 mil trabalhadores para o mercado formal

Com o programa, serão realizados cursos de capacitação para pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade de baixa renda

Economia

Com termômetros marcando 50°C na Índia, pão e macarrão podem ficar mais caros em SC

Índia é o segundo maior produtor de trigo do mundo e bloqueou as exportações do produto

Economia

Bolsonaro zera impostos de diversos produtos e espera que redução chegue ao consumidor final

O presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a decisão em seu Twitter

Economia

Consumo nos lares brasileiros cresce 2,59% no trimestre

Dados são da Associação Brasileira de Supermercados

Mais notícias

Geral

Explosão faz chuva de pedras atingir carros na BR-101 – veja o vídeo

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas e diversos carros foram atingidos por uma chuva de pedras sobre a BR-101.

Geral

Estado já registrou ventos de 75km/h: Defesa Civil monitora tempestade Yakecan

De acordo com a Defesa Civil, até a noite de quarta-feira, 18, o sistema pode se intensificar e ganhar características de Tempestade Tropical, trazendo ventos sustentados, que são contínuos, de 75 km/h.