keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Família de ciclista morto em Florianópolis irá receber R$50 mil do Estado e de motorista que não prestou socorro

X
RCC- Rede Catarinense de Notícias

A 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), em matéria sob a relatoria do desembargador Luiz Fernando Boller, decidiu majorar a indenização por dano moral de R$ 25 mil para R$ 50 mil, acrescido de juros e correção monetária, para a mãe e a irmã de um ciclista morto por acidente de trânsito na rodovia SC-401, em Florianópolis. A decisão também manteve a obrigação do extinto departamento de infraestrutura de pagar pensão mensal no valor de 1/3 do salário mínimo para a mãe da vítima, que é aposentada por invalidez e sobrevivia com o auxílio do filho.

Em dezembro de 2012, um ciclista circulava por um trecho estreito e sem acostamento da SC-401, próximo ao quilômetro 13, quando foi atropelado por uma caminhonete conduzida por uma mulher. O ciclista morreu em decorrência das lesões. Assim, a mãe e uma irmã ajuizaram ação de indenização por dano moral e pensão mensal contra a motorista e o departamento de infraestrutura. Na sentença, o magistrado de origem condenou apenas o departamento do Estado ao pagamento de dano moral para a mãe, no valor de R$ 25 mil, e mais pensão estipulada em 1/3 do salário mínimo.

Inconformados com a decisão, tanto a família da vítima quanto o departamento de infraestrutura recorreram ao TJSC. Os familiares sustentaram a necessidade de condenar a motorista, que não teria prestado socorro. Também pediram o aumento da indenização por dano moral e da pensão mensal. Já o representante do Estado argumentou que não existe legislação que obrigue a construção de acostamentos em rodovias.

Para os desembargadores, não há dúvidas de que há o comprometimento da segurança de pedestres e ciclistas no trecho onde ocorreu o acidente. “Por essas razões, aliadas aos parâmetros suso indicados – ainda que reconheça que nenhum valor irá compensar a perda sofrida pela genitora -, entendo que o patamar de R$ 100 mil se afigura adequado para, ao menos, minimizar os efeitos da tragédia por ela vivenciada. Entretanto, considerando o reconhecimento da culpa concorrente da vítima, reduzo-a à metade, por isso ficando circunscrita à quantia de R$ 50 mil”, anotou o relator presidente em seu voto. A sessão também contou com os votos dos desembargadores Jorge Luiz de Borba e Pedro Manoel Abreu. A decisão foi unânime.

Cidades

SC registra pior índice de isolamento social desde março

Santa Catarina registrou um índice de isolamento social de 31,3%

Cidades

Criança de 5 anos fica gravemente ferida após carro capotar na BR-101

Um veículo Citröen Picasso capotou na rodovia federal após colidir em uma barreira

Cidades

Duas vítimas de acidente na BR-470 eram primos

Segundo informações, o Pálio onde as vítimas estavam perdeu o controle, rodou na pista e bateu na lateral direita na parte frontal da Van, que seguia viagem no sentido oposto

Cidades

Acidente na BR-470 deixa 3 mortos e 19 feridos

As vítimas foram uma mulher do carro e dois homens. Uma segunda mulher, ejetada do veículo, foi conduzida ao Hospital Santo Antônio

Cidades

Governo de SC lança ‘Balanço Cidadão’ com informações das contas públicas

Contas do Governo Estadual de 2019 foram aprovadas por unanimidade pelo Tribunal de Contas do Estado

Mais notícias