keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Exportações de SC registram segundo melhor resultado do ano em agosto

O resultado de agosto representa uma leve alta em relação aos US$ 723 milhões registrados em julho

X
Porto Itapoa/Divulgação/Visor Notícias

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Economia nesta semana, Santa Catarina faturou US$ 727 milhões com exportações em agosto. Este é o segundo maior valor do ano, atrás apenas de março, quando o Estado faturou US$ 731 milhões. Durante a pandemia, o pico negativo foi em junho, com US$ 614 milhões.

O resultado de agosto representa uma leve alta em relação aos US$ 723 milhões registrados em julho. Apesar do cenário praticamente estável na passagem mensal, o valor recebido com exportações ainda não chegou nos patamares observados em anos anteriores. Este é o pior agosto desde 2015.

A baixa nas exportações é puxada pelo enfraquecimento do mercado de frango, que, na comparação com agosto de 2019, teve queda de 33,3% no faturamento e de 15,5% no volume. As vendas ao mercado externo da avicultura catarinense têm sofrido neste ano com o fechamento de alguns países da Europa para o produto brasileiro e a redução nas compras de países asiáticos.

Por outro lado, a Ásia, especialmente a China, impulsionou as exportações de suínos. O faturamento com o comércio exterior do setor passou de US$ 65 milhões em agosto de 2019 para US$ 104 milhões em agosto desse ano, alta de 64%. Outro produto que registrou um crescimento importante nas exportações no período foi a soja, que passou de US$ 49 milhões para US$ 56 milhões.

Acumulado

De janeiro a agosto deste ano, Santa Catarina já faturou US$ 5,4 bilhões em exportações. O resultado representa uma queda de 11,5% em relação ao ano passado. Para o período, este foi o pior resultado do Estado desde 2016.

Assim como Santa Catarina, o Brasil também registrou uma diminuição no faturamento das exportações no período, passando de US$ 149,2 bilhões no ano passado para US$ 138,3 bilhões em 2020, uma queda de 7,4%.

Economia

Índice de confiança do comércio bate novo recorde

Expectativas cresceram 7,2%, influenciadas pelo aumento da confiança no futuro da economia

Economia

Pesquisa aponta que 74% dos brasileiros não pagaram todas as contas na pandemia

Estudo da Acordo Certo ainda mostrou que 70% dos entrevistados afirmam que tiveram a renda familiar diminuída no período

Economia

Redução na oferta de contêineres vazios desafia mercado exportador

Problema pode impactar nas exportações brasileiras, que atualmente estão em alta

Mais notícias