keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Espetáculos de Rua integram programação do Festival de Teatro de Itajaí

Abertura e encerramento do evento ficam por conta de apresentações gratuitas na Beira-Rio

A rua também é palco para o 5º Festival Brasileiro de Teatro Toni Cunha. O evento promovido pela Fundação Cultural de Itajaí, com o apoio do Governo Federal, começa neste domingo (22) com um grande espetáculo ao ar livre. A partir das 17h, os artistas da companhia Ói Nóis Aqui Traveiz (RS) tomam conta da Praça Genésio Miranda Lins, na Beira-rio, com o espetáculo “Caliban: a tempestade de Augusto Boal”. A apresentação é gratuita.

Com figurino de encher os olhos e um roteiro de 90 minutos, o público terá acesso a um espetáculo que já passou pelas principais capitais do país. Caliban abre as apresentações do Festival de Teatro que segue até o dia 29 de outubro. Serão mais de 24 horas em atrações ao longo de uma semana de Festival.

O teatro de rua é uma das estratégias de aproximar o público das artes cênicas. O Festival oferece quatro apresentações externas e gratuitas. Além disso, outros palcos da cidade receberão espetáculos nacionais inéditos, mostra local e atividades de formação.

O 5º Festival Brasileiro de Teatro Toni Cunha é um realizado por meio do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac / Lei Rouanet), com patrocínio de Lojas Havan, Brasfrigo S.A., Banco do Brasil e Bompack. O evento também conta com o apoio do Sesc e Itajaí Criativa.

Confira a programação completa

PROGRAMA TEATRO DE RUA
Dia 22/10 (domingo) – 17h
Abertura do Festival | Espetáculo Convidado
Espetáculo: Caliban – A Tempestade de Augusto Boal
Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz (Porto Alegre – RS)
Sinopse: Impulsionada pela ideia de que “somos todos Caliban”, a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz quer, com a encenação, analisar criticamente a “tempestade” conservadora que hoje sofre a América Latina, e especialmente o grande retrocesso nos direitos sociais e na luta pela autonomia econômica, política e cultural que vivemos no Brasil. A encenação é criada a partir do texto “A Tempestade” de Augusto Boal, escrita pelo autor no exílio, em 1974, período em que os movimentos sociais latino-americanos sofriam uma grande derrota frente ao imperialismo estadunidense e eram terrivelmente reprimidos pelas ditaduras civil-militares. A Tribo, sem trair a sua vocação artística, quer com o seu teatro de rua instaurar a alegria e a indignação nos seus milhares de espectadores.
Local: Praça Genésio Miranda Lins (Beira-rio)
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 90 min
Valor: GRATUITO

Dia 23/10 (segunda) – 18h
Mostra Nacional
Espetáculo: O Concerto da Lona Preta
Trupe da Lona Preta (São Paulo – SP)
Sinopse: “O Concerto da Lona Preta” é um espetáculo inspirado na tradição circense e em músicas que fazem parte do imaginário popular. Cinco músicos, ou melhor, cinco palhaços tentam de forma divertida executar um concerto musical com um amplo e variado repertorio, que abrange arranjos musicais concernentes às manifestações populares, eruditas e popularescas.
Local: Praça Arno Bauer – ao lado do Museu Histórico
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 45 min
Valor: GRATUITO

Dia 26/10 (quinta) – 15h
Mostra Local
Espetáculo: Estapafúrdio
Charles Augusto (Itajaí – SC)
Sinopse: Mambembear. Aí está a essência do artista. Levar sua arte a qualquer lugar onde alguém esteja disposto a apreciá-la. Pacacoenco, na companhia da sua amiga Jaguaruna, desbrava o interior da geografia mundial e do coração humano. As estradas são percorridas a pedaladas, e, na bagagem, o palhaço leva seus truques, sua casa e seu amor. Afinal, “… a poesia indica que as eras do universo passam e o homem que ama fica.” (Quirino)
Local: Praça Arno Bauer – ao lado do Museu Histórico
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 40 min
Valor: GRATUITO

Dia 29/10 (domingo) – 17h
Mostra Nacional
Espetáculo: Simão e o Boi Pintadinho
Teatro de Mamulengo do Mestre Valdeck de Garanhuns (Guararema – SP)
Sinopse: Seu Vicente Pompeu vai realizar uma grande festa para comemorar o casamento de sua filha e entrega toda produção para Simão e Marieta que são seus afilhados e administradores da fazenda. A festa deve ser bem popular, com culinária e atrações artísticas que agradem toda comunidade. Aparecem uns intrusos querendo mudar tudo e Simão tem que fazer muitas peripécias para que a festa seja realizada.
Local: Praça Genésio Miranda Lins – Beira Rio
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 60 min
Valor: GRATUITO

Cidades

Águas de Bombinhas recebe população e constrói legado para a cidade

Você sabia que é possível conhecer as estruturas da Águas de Bombinhas? A concessionária vem construindo um legado para o município e apresenta toda a infraestrutura através de visitas guiadas. O objetivo é incentivar a […]

Cidades

Caixa padrão: Águas de Penha utiliza equipamento para a segurança do consumo

Com o objetivo de facilitar o acesso ao cavalete para leitura do consumo e proteger o hidrômetro, imóveis que têm acesso à água tratada precisam instalar a caixa padrão. O hidrômetro é responsável por realizar […]

Cidades

Águas de Camboriú orienta: consumo consciente ajuda a preservar fontes hídricas

O Brasil é um dos países que possui a maior disponibilidade de água doce do mundo, 12% de todo este recurso doce do planeta. Entretanto, na última década, muitos lugares têm sofrido com uma crise […]

Cidades

Câmara de Itapema comemora os 59 anos da cidade

Os últimos 10 anos na Câmara de Itapema tem sido de modernização. Investimento na estrutura física, mas principalmente em novas tecnologias

Cidades

Idoso de 64 anos serão vacinados a partir de quinta-feira (22) em Navegantes

A aplicação das vacinas acontece, como de costume, no drive-thru do Fort Atacadista, localizado na Av. Nereu Liberato Nunes, 579, no Centro, das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30

Mais notícias

Cidades

Águas de Bombinhas recebe população e constrói legado para a cidade

Você sabia que é possível conhecer as estruturas da Águas de Bombinhas? A concessionária vem construindo um legado para o município e apresenta toda a infraestrutura através de visitas guiadas. O objetivo é incentivar a […]

Cidades

Caixa padrão: Águas de Penha utiliza equipamento para a segurança do consumo

Com o objetivo de facilitar o acesso ao cavalete para leitura do consumo e proteger o hidrômetro, imóveis que têm acesso à água tratada precisam instalar a caixa padrão. O hidrômetro é responsável por realizar […]