keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Equipe de velejadora brasileira com chance de vitória na primeira etapa da Volvo Ocean Race

Itajaí representa pela terceira vez o Brasil no maior evento de vela do mundo e a previsão é que os primeiros barcos cheguem ao litoral catarinense em abril de 2018

As próximas 24 horas prometem ser decisivas para as equipes que disputam a primeira etapa da Volta ao Mundo entre Espanha e Portugal. Barcos serão obrigados a contornar a ilha de Porto Santo antes do sprint final até Lisboa

Apesar de sustentar a liderança da primeira etapa da Volvo Ocean Race por quase três dias, o 11th Hour Racing ainda não tem folga para os adversários pela ponta. O Mapfre o team AkzoNobel, da brasileira Martine Grael, têm reais chances de ultrapassar.

E a meteorologia indica que esse ataque à liderança do 11th Hour Racing deve ser feito até esta quinta-feira (26), quando os barcos deverão contornar a Ilha de Porto Santo, ao norte da Ilha da Madeira. Os ventos até o chamado ‘gate’ – termo usado na vela para indicar uma linha obrigatória de passagem – devem variar muito, mas após isso prometem soprar mais forte na direção do destino final, que é a capital portuguesa. Antes de largar, Martine Grael disse que o sprint final seria de vento em popa, ou seja, com muita velocidade até a linha de chegada.

Itajaí na Volvo Ocean Race
Itajaí representa pela terceira vez Santa Catarina e o Brasil na Volvo Ocean Race, o maior evento de vela do mundo. Só em 2015, 350 mil visitantes participaram do evento em Itajaí.
A Vila da Regata brasileira ficará aberta ao público de 05 a 22 de abril de 2018 e a previsão é que os primeiros barcos cheguem ao litoral catarinense no dia 08 de abril.
No dia 20 de abril será realizada a In-Port Race, uma competição que é realizada nos locais de parada. No dia 21, os barcos estarão abertos ao público e, no dia 22, será a partida das equipes de Itajaí rumo a New Port (EUA).

Desafio mais intenso nesta edição
A rota para a Volvo Ocean Race 2017-18 vai torná-la um dos desafios mais intensos de sua história: os principais velejadores e os mais avançados barcos estarão na maior e mais rápida corrida. Com quase três vezes mais milhas no desafiante oceano Antártico do que na edição anterior e a maior viagem porto a porto da história, a Volvo Ocean Race promete ser um teste intenso do trabalho em equipe e do espírito humano.

Percurso
Nesta edição os barcos partiram de Alicante na Espanha no último domingo (22). As paradas serão em Lisboa (Portugal), Cidade do Cabo (África do Sul), Melbourne (Austrália), Hong Kong, Guangzhou (China), Auckland (Nova Zelândia), Itajaí (Brasil), New Port (Estados Unidos), Cardiff (País de Gales), Gotemburgo (Suécia) e Haia (Holanda).

Cidades

Águas de Bombinhas comemora investimentos e o melhor abastecimento no fim de ano

A empresa investiu em melhorias, reforços de rede, simulações e limpezas ao longo do ano

Cidades

FAACI vai realizar oficinas do Plano de Manejo do Refúgio da Vida Silvestre

Inscrições devem ser feitas por telefone com Matheus Morganti Baldim (048) 99123-3132

Cidades

Funcionário que recusar vacina contra o coronavírus pode ser demitido por justa causa, diz especialista

Num cenário em que o Poder Público imponha medidas restritivas para incentivar a vacinação contra a Covid-19, caso uma empresa adquira doses para proteger a equipe e um funcionário recuse a imunização, a situação pode […]

Cidades

Leão-marinho faz visita à praia da Tainha, em Bombinhas

Um leão-marinho fez uma visita à praia da Tainha, em Bombinhas, neste final de semana. O animal descansava nas pedras no costão.  O projeto de Monitoramento das Praias da Univali explicou que o animal é […]

Cidades

Porto Belo decide proibir festa em escuna, no Caixa D’aço, que era anunciada nas redes sociais

A prefeitura de Porto Belo anunciou que proibiu a Seaparty 2ª Edição, que estava prevista para o próximo dia 23, em uma escuna na praia do Caixa D’aço. Os ingressos estavam sendo vendidos a R$ […]

Mais notícias