keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Equipe de TV é agredida durante reportagem em praia de Florianópolis

Uma equipe da NSC TV, afiliada da Rede Globo em Santa Catarina, foi agredida na manhã desta segunda-feira (2) durante uma reportagem. O caso ocorreu na frente de um posto salva-vidas na Praia do Campeche, em […]

X
Equipe da NSC TV é agredida durante reportagem em Florianópolis — Foto: Reprodução/ NSC TV

Uma equipe da NSC TV, afiliada da Rede Globo em Santa Catarina, foi agredida na manhã desta segunda-feira (2) durante uma reportagem. O caso ocorreu na frente de um posto salva-vidas na Praia do Campeche, em Florianópolis.

A equipe produzia uma reportagem sobre fiscalizações na praia durante o feriado de Finados, quando um grupo avançou sobre a repórter Bárbara Barbosa e o repórter cinematográfico Renato Soder.

Eles foram cercados por pessoas que estavam na faixa de areia e desrespeitavam decretos municipal e estadual de restrições para evitar a propagação do coronavírus.

Algumas pessoas avançaram sobre a câmera, ameaçando quebrar o equipamento. Depois, outras tentaram tirar das mãos da repórter o celular enquanto era gravada a agressão. Ela foi cercada por parte do grupo e uma mulher pegou o aparelho.

Após a confusão, a repórter conseguiu recuperar o celular. Ela sofreu arranhões e marcas de agressão no braço.

A Polícia Militar e a Guarda Municipal foram acionadas. Um boletim de ocorrência será registrado pela emissora.

Entidades repudiaram agressão

Em nota, a Associação Nacional de Jornais (ANJ) lamentou as agressões sofridas pelos profissionais. “Foi uma atitude covarde, autoritária, intolerante e que demonstra falta de compreensão do papel dos jornalistas na sociedade”.

“Além das agressões verbais e físicas, condenáveis em qualquer situação, o que houve foi também uma tentativa de impedir que a verdade chegue ao conhecimento dos cidadãos. Portanto, se trata de um ataque ao direito das pessoas de serem livremente informadas. A ANJ espera que os agressores sejam identificados e encaminhados à Justiça, para que sejam punidos nos termos da lei”, ainda informou a ANJ.

A Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert) se manifestou sobre a agressão em nota de repúdio.

“Qualquer tipo de intimidação ou constrangimento ao trabalho de equipes de reportagem em sua missão de informar a população configura um atentado contra a liberdade de imprensa, principalmente neste momento de pandemia. Desta forma, pedimos que as autoridades identifiquem e punam exemplarmente os responsáveis pela agressão, destacando que qualquer tentativa de cercear os meios de comunicação são, também, um crime contra a democracia”.

A Associação Catarinense de Imprensa se solidarizou com os profissionais e também repudiou a agressão sofrida pela equipe.

“Muito além de solidariedade, porém, a entidade manifesta preocupação com a crescente onda de violência contra jornalistas e contra o jornalismo. […] Tentar calar a imprensa é atitude irresponsável e perigosa de pessoas que flertam com o autoritarismo sem ao menos entender as implicações históricas de tal atitude. Espera-se que os agressores sejam devidamente identificados e exemplarmente punidos, na forma da lei”.

NSC TV também emitiu uma nota sobre o caso. “O ataque e a agressão à equipe da NSC, nesta segunda-feira na Praia do Campeche, são uma tentativa de impedir o trabalho da imprensa, de levar os fatos ao conhecimento público – o que é garantido pela Constituição federal. Atitudes como esta, que infelizmente mostramos no Jornal do Almoço, estão se repetindo no país inteiro. Mas elas revelam e fortalecem a importância do nosso trabalho. Os agressores responderão pelos seus atos. E nós vamos continuar fazendo o que fazemos: jornalismo profissional, independente e essencial para a sociedade catarinense”, informou.

Fonte: G1 SC

Geral

Proliferação de javalis preocupa produtores rurais de Santa Catarina

A proliferação de javalis (Sus scrofa), listados entre as 100 “piores” espécies exóticas invasoras do mundo pela União Internacional de Conservação da Natureza (GISD, 2010), é uma preocupação recorrente dos produtores rurais em Santa Catarina. […]

Geral

“Um dia vamos bater uma bola lá no céu”, Pelé lamenta a morte de Maradona

O ex-jogador Diego Maradona morreu nesta quarta-feira (25) segundo informou o jornal “Clarín”, publicação conceituada da Argentina

Geral

Imprensa argentina confirma a morte de Maradona

Maradona passou por uma cirurgia no cérebro no começo do mês

Geral

Caminhoneiro morre carbonizado em acidente que interditou a BR-101

O veículo já foi retirado da rodovia, mas a carga ainda está sobre a pista em chamas

Geral

Defesa Civil alerta para ventos de até 70km/h no Litoral de Santa Catarina

A previsão aponta para a possibilidade de ventos moderados e persistentes de quadrante nordeste no Litoral Catarinense

Mais notícias