keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

Entenda por que Ana Maria Braga pegou Covid-19 após tomar as duas doses da vacina

Diante da confirmação do exame, muitos internautas questionaram a eficácia da vacina contra o vírus, já que a artista tomou as duas doses

X
Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Afastada imediatamente dos estúdios Globo, após testar positivo para a Covid-19, a apresentadora Ana Maria Braga, segue sendo acompanhada pelos médicos. Diante da confirmação do exame, muitos internautas questionaram a eficácia da vacina contra o vírus, já que a artista tomou as duas doses.

Entretanto, como ressaltam especialistas, o principal objetivo da vacina não é garantir que as pessoas não peguem o vírus. Mas sim assegurar que elas não desenvolvam os quadros graves da infecção. De fato, a apresentadora, de 72 anos, está bem. Ela fez questão de ressaltar nas redes sociais na tarde desta segunda. “Eu não fui internada! Eu fui no hospital, pois testei positivo. Só isso!”,  escreveu Ana Maria Braga no Twitter.

Ela começou a sentir os sintomas da Covid-19 na noite de quinta-feira (1º), mas imaginava que fosse uma gripe leve. Foi só quando Ana Maria fez os exames de rotina do programa, realizado duas vezes por semana, que foi detectado o vírus. A apresentadora foi afastada, mas fez questão de entrar ao vivo no programa direto do hospital de onde fez os exames. Ela queria tranquilizar seu público. Em Santa Catarina, o ex-governador Eduardo Pinho Moreira, de 71 anos, também pegou Covid-19 após as duas doses.

Proteção contra casos graves

O principal objetivo das atuais vacinas é prevenir as formas graves da doença, que necessitam de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e intubação, explica o professor Jefferson epidemiologista e professor da Unisul (Universidade do Sul de Santa Catarina).

Os estudos de cada imunizante apresentam as taxas de eficácia global (risco de pegar o vírus) e eficácia para casos graves e moderados, específicos de cada vacina. “A proteção a casos mais graves é sempre bem maior que o todo. Nenhuma vacina propõe a zerar o número de casos, mas sim a zerar o número de casos graves”, detalha o professor.

O resultado é visto, por exemplo, na queda de 75% no número de mortes causadas pela Covid-19 em idosos com mais de 60 anos em Santa Catarina, comparando os dados de março e junho de 2021. Isso porque este grupo está em imunização avançada.

A CNN Brasil divulgou em maio deste ano dados do Ministério da Saúde, mostrando que ocorre uma morte a cada 25 mil pessoas entre os que tomam as duas doses da vacina. A taxa representa 0,004%.

“Conhecendo o inimigo”

Uma forma simples de explicar a importância da vacinação contra a Covid-19, mesmo com a permanência de uma chance pequena de pegar o vírus, é utilizar como metáfora um campo de batalha. A vacina atenua e entrega as estratégias do invasor. As aramas são as diferentes tecnologias utilizadas em cada vacina – RNA mensageiro (Pfizer e Moderna), vírus inativado (Coronavac), vetor viral (Astrazeneca), para citar algumas.

“O sistema imunológica atuará contra uma forma atenuada, porque ele já esta preparado para fazer frente ao vírus”, concluí Traebert.

Fonte: Com informações do ND+

Coronavírus

Você tem 30 anos ou mais? Saiba como se vacinar contra a Covid-19 em Porto Belo

Porto Belo vacina pessoas com 30 anos ou mais a partir de agendamento

Coronavírus

SC se aproxima das 18 mil mortes por coronavírus com taxa de ocupação das UTIs em 71,8%

Desde o início da pandemia, 17.995 mortes foram causadas pelo novo coronavírus. A taxa de letalidade é de 1,61%.

Coronavírus

SC aplica mais de um 1,6 milhão de doses contra Covid-19 em julho

Santa Catarina segue cumprindo o calendário vacinal e dando passos importantes na vacinação contra a Covid-19. Em 30 dias, o Estado ultrapassou a marca de junho e aplicou 1.613.444 doses de vacina. Julho se tornou o […]

Coronavírus

SC tem uma região em risco alto, 11 em situação grave e quatro em risco gravíssimo para a Covid-19

As quatro regiões classificadas no gravíssimo apresentaram nota máxima de risco em transmissibilidade, que avalia o RT e os casos infectantes

Coronavírus

Bebê de 6 meses morre vítima da Covid-19 em Santa Catarina

A vítima não tinha nenhuma comorbidade e foi sepultada no Cemitério Municipal da Fazenda

Mais notícias

Geral

O que se sabe sobre a cobra-rei que apareceu em vídeo tentando atacar bebê

Esses repteis ainda costumam se deslocar lentamente ou ficam até à espreita

Animal

Latidos de cachorro atraem jacaré de mais de 3 metros para a porta de casa

O animal ficou na frente da porta da casa por muitas horas, curioso com os latidos do cachorro