keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Enchentes são aterrorizantes, diz Merkel; mortes chegam a 188

“É aterrorizante”, ela disse aos moradores da pequena cidade de Adenau, no estado da Renania Palatinato. “A língua alemã mal pode descrever a devastação que ocorreu.”

X
Foto: EPA/BBC

A chanceler alemã Angela Merkel descreveu neste domingo as enchentes que devastaram partes da Europa como “aterrorizantes”, com o número de mortes atingindo 188 após um distrito da Bavária ter sido atingido pelas condições climáticas extremas.

Merkel prometeu auxílio financeiro rápido após ter visitado uma das áreas mais afetadas por chuvas e enchentes históricas, que deixaram pelo menos 157 mortes apenas na Alemanha, no pior desastre natural do país em quase seis décadas.

“É aterrorizante”, ela disse aos moradores da pequena cidade de Adenau, no estado da Renania Palatinato. “A língua alemã mal pode descrever a devastação que ocorreu.”

O governo alemão vai disponibilizar mais de 300 milhões de euros em auxílio imediato e bilhões de euros para reparar as casas, ruas e pontes danificadas, disse o ministro das Finanças, Olaf Scholz, ao jornal semanal Bild am Sonntag.

A escala das enchentes também pode impactar a eleição alemã em setembro do ano que vem. O prêmie da Renânia do Norte-Vestfália, Armin Laschet, que é candidato do partido CDU para substituir Merkel, se desculpou por ter rido nos bastidores enquanto o presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, falava com a imprensa após visitar a cidade de Erftstadt, que foi devastada.

Na Bélgica, que terá um dia nacional de luto na terça-feira (20), os níveis da água baixaram no domingo e a operação de limpeza dos destroços está em andamento. Militares foram enviados à cidade de Pepinster, onde vários edifícios desabaram, para procurar mais vítimas. Dezenas de milhares de pessoas estão sem eletricidade e as autoridades belgas disseram que o estoque de água potável também é uma grande preocupação.

Fonte: Agência Brasil

Geral

Três homens são presos por tráfico de drogas em SC e no Paraná em ação conjunta da Polícia Civil

Em maio, a investigação identificou um paraguaio que foi a Chapecó para promover o repasse de um carregamento de cocaína.

Geral

Caso da fazendeira desaparecida encontrada dentro de cobra píton volta à tona e assusta moradores

Moradores mataram a cobra e ao abri-la, se depararam com o corpo da fazendeira

Geral

Cachorro gordinho tenta fugir de casa e fica preso entre as grades do portão

Bombeiros conseguiram retirar o animal das grades; apesar do susto, ele não se feriu

Geral

Tóquio: Simone Biles fatura bronze na trave no retorno à competição

A brasileira Flávia Saraiva teve uma falha logo no começo da apresentação e terminou em sétimo lugar com a nota 13,133.

Geral

Prato do festival Balneário Saboroso faz sucesso e restaurante decide manter menu especial por mais 15 dias

Prato é sucesso e procura é tão grande, que o restaurante prorrogou a promoção

Mais notícias

Coronavírus

Covid-19: sintomas de longa duração são raros nas crianças, diz estudo

Dos 1.734 positivos relatados na aplicação móvel, apenas 77 (4,4%) ainda tinham pelo menos dois dos três sintomas mais comuns (fadiga, dor de cabeça e perda de cheiro/paladar) após quatro semanas.

Geral

Três homens são presos por tráfico de drogas em SC e no Paraná em ação conjunta da Polícia Civil

Em maio, a investigação identificou um paraguaio que foi a Chapecó para promover o repasse de um carregamento de cocaína.