keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Empresário de Alexandre Pires é preso em operação da Polícia Federal

Matheus Possebon é um dos investigados no esquema que envolve a movimentação de R$ 250 milhões em transações com cassiterita, um minério extraído ilegalmente da Terra Indígena Yanomami

WhatsApp Image 2023 12 05 at 15.16.47 Visor Notícias
Foto: Reprodução/Redes sociais / via g1

Matheus Possebon, empresário do cantor Alexandre Pires, foi preso preventivamente pela Polícia Federal de Santos, litoral de São Paulo. A prisão ocorreu após Possebon desembarcar do cruzeiro do artista. Ele é um dos investigados em um esquema que envolve a movimentação de R$ 250 milhões em transações com cassiterita, um minério extraído ilegalmente da Terra Indígena Yanomami. O minério é utilizado na produção de tintas, plásticos e fungicidas. A informação é do Portal g1.

Segundo informações do g1, Alexandre Pires foi conduzido à sede da PF em Santos na manhã de segunda-feira (4) para prestar esclarecimentos. Após ser ouvido, o cantor foi liberado. Ele é suspeito de receber ao menos R$ 1 milhão de uma mineradora envolvida no esquema de financiamento e logística do garimpo ilegal.

A Opus Entretenimento, empresa que tem Matheus Possebon entre seus executivos e responsável pela gestão da carreira de Alexandre Pires, divulgou uma nota afirmando desconhecer qualquer atividade ilegal relacionada a funcionários e parceiros da empresa. A empresa também expressou solidariedade a Alexandre Pires, reiterando a confiança na integridade do cantor e no esclarecimento completo dos fatos.

A Polícia Federal informou que foram cumpridos dois mandados de prisão e seis de busca e apreensão, autorizados pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária de Roraima. As operações ocorreram em várias localidades, incluindo Boa Vista e Mucajaí em Roraima, São Paulo e Santos em São Paulo, Santarém no Pará, Uberlândia em Minas Gerais e Itapema em Santa Catarina.

O g1 apurou que mandados de busca e apreensão em Uberlândia e Itapema foram realizados em propriedades de Alexandre Pires. Além disso, a Polícia Federal confirmou o sequestro de mais de R$ 130 milhões dos suspeitos, embora não tenha divulgado nomes específicos. Em relação à abordagem de Alexandre Pires e do empresário Matheus Possebon, a reportagem informou que não houve buscas no navio de cruzeiro; eles foram abordados pela polícia após desembarcar.

Esta operação da Polícia Federal é um desdobramento de investigações sobre garimpo ilegal e envolve figuras conhecidas do cenário artístico brasileiro. O caso segue em aberto, com mais detalhes e desenvolvimentos esperados à medida que as investigações progridem.

*Supervisionado por Everton Palaoro

Quer receber as notícias em tempo real?

Clique aqui para entrar no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre bem informado.

⚠ ATENÇÃO: Caso não esteja conseguindo clicar no link das notícias, basta adicionar um administrador do grupo em sua lista de contatos.

Fonte: Portal g1

Sobre o autor:
Lucas
Lucas Koerich
Lucas Pasetto Koerich é estudante de Jornalismo pela Universidade do Vale do Itajaí. Atua como assistente na redação do Visor Notícias.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Geral

Projeto de pesquisa recolheu resíduos de costão em Taquaras

Ação ocorreu no local conhecido popularmente como costão da Galheta e integrou as atividades de educação ambiental

Geral

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 185 milhões neste sábado

Caso apenas um ganhador leve o prêmio principal e aplique todo o valor na Poupança da Caixa, terá uma renda média de R$ 1 milhão por mês

Geral

Serra do Rio do Rastro será fechada neste domingo para evento esportivo

O 19º Desafio da Serra do Rio do Rastro ocorre em diferentes categorias

Geral

Homem vai visitar túmulo do pai e encontra crânio exposto em cemitério de Florianópolis

Túmulo quebrado deixou a ossada ao ar livre; segundo o morador, a situação não é um incidente isolado

Geral

Ex-lutador Rodrigo Minotauro aproveita verão em iate catarinense avaliado em R$ 2 milhões

A embarcação tem áreas para refeições e lazer para receber até 14 pessoas e quartos para pernoite de até 5 pessoas

Mais notícias

Cidades

IMA divulga relatório de balneabilidade referente à semana de 26 de fevereiro a 1º de março

Nos 238 pontos monitorados pelo Instituto no litoral catarinense, 170 estão próprios para banho

Saúde

Força-tarefa contra dengue mobiliza mais de 900 pessoas e vistoria cerca de 300 ruas

Aproximadamente 400 toneladas de lixo e entulho foram recolhidas pela Secretaria Municipal de Obras