keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Empresa deverá indenizar passageira vítima de ato obsceno em transporte coletivo

Segundo exposto na sentença, a empresa não apresentou a adoção de nenhuma política destinada a combater os atos de violência sexual contra as mulheres

Uma concessionária do transporte coletivo deverá indenizar uma passageira em R$ 10 mil, a título de danos morais, por atos obscenos presenciados em um ônibus da empresa no município de Arroio do Silva, no Sul do Estado. Sobre o valor serão acrescidos juros e correção monetária. O caso aconteceu em agosto de 2018. De acordo com os autos, um homem sentado na mesma fileira da mulher praticou atos obscenos (masturbação), de modo a atingir sua dignidade sexual. Ele só desceu do ônibus quando ela recorreu ao motorista e outros passageiros ligaram para a polícia.

Ao analisar o caso, o juiz Bruno Santos Vilela, da 1ª Vara Cível de Araranguá, observou que a passageira se enquadra no conceito de consumidora, enquanto a empresa configura-se como prestadora de serviços. Conforme a sentença, caberia à concessionária assegurar a integridade física e moral dos passageiros durante todo o percurso. Episódios como a prática de atos obscenos no interior de ônibus e de vagões de trem/metrô, lembrou o magistrado, não são isolados.

“Vale dizer: reconhecido o fato de que mulheres reiteradamente são vítimas de assédio sexual ou de atos obscenos no interior das diversas modalidades de transporte público, cabe ao concessionário adotar um conjunto de medidas de segurança, tais como a criação de espaços restritos para mulheres, câmeras de vigilância, cartazes de advertência, comunicação direta com polícia militar etc”, anotou.

Segundo exposto na sentença, a empresa não apresentou a adoção de nenhuma política destinada a combater os atos de violência sexual contra as mulheres, limitando-se a dizer que o motorista repreendeu o passageiro após ser acionado pela autora. “Ao sustentar que caberia à vítima ligar e pedir a intervenção dos agentes de segurança pública, o requerido dá a entender que a violência de gênero praticada no interior do transporte público seria assunto privado, restrito ao autor e à vítima, e não uma questão pública, cuja solução exige a implementação de ações de natureza pública, com necessária participação do concessionário”, assinalou o juiz. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça.

Geral

Campanha do Agasalho em Camboriú e Penha arrecada 22 mil peças de roupas e leva solidariedade neste inverno

As pessoas e empresas envolvidas no projeto vão continuar mobilizadas para desenvolver outras ações

Geral

Menino de 3 anos de Itajaí corre atrás de gato na rua e morre atropelado por caminhão no PR

Família de Itajaí passava final de semana no PR quando tragédia aconteceu

Geral

Polícia alerta para pontos de congelamento na Serra do Rio do Rastro; sensação térmica é de -13°C

A orientação é para que turistas não se desloquem à região sem antes ter reservado hospedagem.

Geral

Inverno termina seco e primavera começa com chuva em SC, aponta boletim meteorológico

De acordo com a análise dos meteorologistas, em agosto, setembro e outubro os catarinenses devem enfrentar episódios com chuva forte em curto intervalo de tempo e ondas de frio, além da estiagem.

Geral

Velório e cremação do corpo do ator Orlando Drummond serão hoje no RJ

Drummond morreu na noite de terça (27), aos 101 anos de idade de falência de múltiplos órgãos. O ator estava em casa, no bairro de Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro.

Mais notícias

Tempo

Forte neve em Gramado na noite desta quarta-feira

A onda de ar frio que passa pelo Sul do país trouxe neve a pelo menos 13 cidades do Rio Grande do Sul, além de chuva congelada, nesta quarta-feira (28). Em São Francisco de Paula, […]

Tempo

Neve começa a cair Santa Catarina

Flocos que caíam, ainda em pouco volume, fizeram a felicidade dos visitantes