keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Eike Batista é condenado a 11 anos de prisão por crimes contra mercado

Empresário teria simulado injeção de US$ 1 bi na OGX

X
@Arquivo/Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O empresário Eike Batista foi condenado pela 3a Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro a uma pena de 11 anos e 8 meses de prisão por crimes contra o mercado de capitais. A juíza Rosália Monteiro Figueira condenou-o ainda a pagar uma multa de R$ 871 milhões pelos crimes de insider trading (uso de informação privilegiada) e de manipulação de mercado.

Eike foi denunciado em 2014 sob a acusação de ter lucrado com a venda de ações de sua empresa OGX, através da ocultação, ao mercado, de informações negativas sobre a companhia.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o empresário teria simulado a injeção de até US$ 1 bilhão na OGX para atrair investidores, incorrendo no crime de manipulação de mercado.

Injeção de dinheiro

A injeção do dinheiro foi anunciada pela empresa, mas, segundo o MPF, o empresário sabia da inviabilidade financeira de ativos importantes da empresa e não tinha real interesse em fazer o aporte.

O MPF também acusou Eike de usar informações privilegiadas para lucrar com a venda de ações em 2013. Segundo o MPF, o empresário teria vendido as ações da OGX em um momento em que ele possuía informações que ainda não tinham sido divulgadas para o mercado.

No processo, a defesa de Eike Batista negou que o empresário tenha feito uso de informações privilegiadas ou que tenha tentado manipular o mercado.

Fonte: Agência Brasil

Economia

Estados e municípios poderão pegar mais R$ 20 bi em empréstimos

Limite de crédito foi autorizado pelo Conselho Monetário Nacional

Economia

Estimativa do PIB aponta SC com desempenho acima da média nacional

Segundo estimativa da SDE, a agropecuária catarinense cresceu 2,6% em 2020, sendo que a pecuária teve alta de 6%.

Economia

Pesquisa revela potencial catarinense para produzir café especial

A cafeicultura já foi uma atividade de expressão econômica em Santa Catarina. Prova disso é a bandeira do Estado, criada em 1895, que traz a imagem de um ramo de café com frutos.

Economia

Cooperativa de SC é destaque em ranking promovido pelo Ministério da Economia

Reconhecido pelo rigor técnico aplicado em suas avaliações, o levantamento reúne algumas das maiores instituições financeiras e consultorias de economia do país.

Economia

Porto de Itajaí abre 2021 com 6% de crescimento na movimentação em toneladas

Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes registra 18% de aumento

Mais notícias

Cidades

Arteris começa obras para melhoria do fluxo na via marginal da BR-101 em Palhoça

Alterações são necessárias por conta do aumento da demanda na rua lateral, devido às obras de construção de terceira faixa – e também para viabilizar desvio de fluxo para via marginal

Cidades

Itajaí revoga decreto que suspendia aulas presenciais

Decisão foi tomada na tarde desta sexta-feira (26). Atividades seguem normalmente na segunda (1º)