keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Educação oferece 2,4 mil vagas para cursos técnicos gratuitos em SC

Começou nesta quarta-feira, 14, o período de inscrições para os cursos técnicos profissionalizantes oferecidos pela Secretaria de Estado da Educação (SED) em toda Santa Catarina. De acordo com o edital publicado nesta terça, 13, estão […]

X

Começou nesta quarta-feira, 14, o período de inscrições para os cursos técnicos profissionalizantes oferecidos pela Secretaria de Estado da Educação (SED) em toda Santa Catarina. De acordo com o edital publicado nesta terça, 13, estão abertas 2.403 vagas neste segundo semestre para cursos totalmente gratuitos em 13 unidades de ensino da rede estadual.

“Os cursos técnicos profissionalizantes têm um papel importante na educação catarinense, porque qualificam os nossos jovens. Assim, conseguimos investir na educação e formar esses estudantes para o mundo do trabalho, contribuindo com toda a sociedade catarinense. Por isso, estamos trabalhando para ampliar a oferta desses cursos em Santa Catarina”, destacou o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro.

Ao todo, serão abertas vagas para cursos profissionalizantes de 26 áreas diferentes. Os interessados poderão se inscrever em cursos técnicos de nível médio em Administração, Análises Clínicas, Análises Químicas, Contabilidade, Cozinha, Dança, Edificações, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Enfermagem, Estética, Fabricação Mecânica, Informática, Logística, Manutenção e Suporte em Informática, Massoterapia, Mecânica, Qualidade, Química, Recursos Humanos, Saúde Bucal, Segurança do Trabalho, Transações Imobiliárias e Vestuário.

São oferecidos cursos concomitantes e subsequentes ao Ensino Médio. No primeiro caso, as vagas são exclusivas para alunos matriculados a partir do 2º ano, não necessariamente na mesma unidade escolar onde o curso é oferecido. Já os cursos subsequentes são abertos para todas as pessoas que já concluíram o Ensino Médio.

As inscrições são feitas exclusivamente no site da SED, sem cobrança de taxas, e vão até o dia 22 de julho. O processo seletivo será por sorteio e os cursos, ofertados de forma presencial, híbrida ou remota, conforme os modelos da rede estadual, enquanto durar a pandemia. De acordo com o edital, 50% das vagas de cada curso ficam reservadas para candidatos com deficiência ou autodeclarados pretos, pardos ou indígenas.

Serão abertas vagas nos municípios de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Curitibanos, Florianópolis, Guaramirim, Joinville, Lages, Mafra, Timbó e Tubarão. Mais informações estão disponíveis no edital que está disponível no link.

Aulas terão início em 2 de agosto

Com o término do período de inscrições, a lista preliminar de estudantes que manifestaram interesse será publicada no dia 23 de julho, no mesmo site onde foram realizadas as matrículas. Após dois dias para apresentação de recurso, o sorteio e a relação dos classificados estarão disponíveis no dia 26 de julho.

Os alunos não classificados em um primeiro momento poderão concorrer às vagas remanescentes, de acordo com informações detalhadas no edital. Para de fato serem abertas, as turmas precisam atingir o número de 25 estudantes matriculados. Neste caso, as aulas têm início no dia 2 de agosto.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Caso da fazendeira desaparecida encontrada dentro de cobra píton volta à tona e assusta moradores

Moradores mataram a cobra e ao abri-la, se depararam com o corpo da fazendeira

Geral

Cachorro gordinho tenta fugir de casa e fica preso entre as grades do portão

Bombeiros conseguiram retirar o animal das grades; apesar do susto, ele não se feriu

Geral

Tóquio: Simone Biles fatura bronze na trave no retorno à competição

A brasileira Flávia Saraiva teve uma falha logo no começo da apresentação e terminou em sétimo lugar com a nota 13,133.

Geral

Prato do festival Balneário Saboroso faz sucesso e restaurante decide manter menu especial por mais 15 dias

Prato é sucesso e procura é tão grande, que o restaurante prorrogou a promoção

Geral

Cientista inventa banheiro que transforma fezes humanas em criptomoeda

Os micro-organismos, então, quebram as fezes e o metano é canalizado para uma célula de combustível de óxido sólido, que se torna fonte de energia para vários aparelhos na escola, como o aquecedor de água ou o fogão a gás.

Mais notícias

Animal

Vídeo: Blogueira aparece brincando com cobra que pode matar 20 homens com uma mordida

A mulher indiana acumula milhares de seguidores e milhões de visualizações em seus vídeos nas redes sociais

Segurança

Caminhão que transportava casa de madeira se envolve em acidente no RS

Condutor do caminhão não tinha autorização nem sinalização adequada para realizar o transporte