keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

Dose de reforço em adultos começa a ser aplicada dia 20 de novembro em SC

Podem receber a dose de reforço todos os adultos com 18 anos ou mais que tenham completado o esquema vacinal com as duas doses contra a Covid-19 há mais de cinco meses

X
Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A partir do dia 20 de novembro começa a vacinação da população adulta acima de 18 anos com a dose de reforço contra a Covid-19. A data coincide com o início e o dia D da Campanha Nacional Mega Vacinação, que vai até o dia 26 de novembro. A ação do Ministério da Saúde pretende intensificar a aplicação da segunda dose (D2) e dose de reforço (DR).

Podem receber a dose de reforço todos os adultos com 18 anos ou mais que tenham completado o esquema vacinal com as duas doses contra a Covid-19 há mais de cinco meses. A vacina de reforço será, preferencialmente, a Pfizer. Idosos que já cumpriram o intervalo de 5 meses estão sendo vacinados com a terceira dose desde o dia 1º de setembro. 

Os detalhes para o Estado aderir à Campanha Nacional foram discutidos em reunião realizada na manhã desta quarta-feira, 17, entre a Secretaria da Saúde de Santa Catarina e representantes das secretarias municipais de Saúde.

O superintendente de vigilância em saúde, Eduardo Macário, explica que a dose de reforço deve ser tomada por todos os adultos que já completaram o esquema vacinal de duas doses, independentemente do imunizante aplicado anteriormente. “Todas as pessoas com 18 anos ou mais que já tenham recebido as duas doses da Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer há mais de cinco meses estão aptas a receber a dose de reforço”, salienta o superintendente.

Com relação à segunda dose, todos aqueles que já estão dentro do intervalo recomendado para cada fabricante também devem procurar um ponto de vacinação para concluir o esquema vacinal com as duas doses. O intervalo para quem tomou a Coronavac é de 28 dias; para quem tomou a Pfizer, 8 semanas; e a AstraZeneca, 12 semanas.

Os municípios ficam responsáveis por organizar estratégias próprias de vacinação para contemplar esses públicos e devem vacinar qualquer cidadão que cumpra os requisitos, independentemente do município de residência ou do município em que o esquema vacinal foi iniciado.

Vacina da Janssen

Pessoas que tomaram a dose da vacina Janssen devem aguardar definição oficial por parte do Ministério da Saúde (MS) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o momento de aplicação da D2, bem como o reforço. O Estado aguarda documento oficial com as orientações dos órgãos competentes para definir as ações de vacinação que serão realizadas para este imunizante no estado.

Fonte: Visor Notícias

Coronavírus

SC confirma 1.232.109 casos, 1.207.753 recuperados e 19.976 mortes

Em comparação com a última atualização diária, há 3 óbitos a mais

Coronavírus

Brasileiro testa positivo para Covid-19 ao chegar da África

Ele foi colocado em isolamento e já cumpre quarentena residencial

Coronavírus

SC tem 12 regiões no nível moderado e cinco no alto para Covid-19

A última vez que a Matriz classificou uma região no nível grave foi no dia 1º de outubro, e no nível gravíssimo no dia 11 de setembro

Coronavírus

Nova variante do coronavírus preocupa e Brasil fecha fronteiras aéreas com diversos países

A variante foi descoberta pela primeira vez na África do Sul e, desde então, também foi detectada na Bélgica, Botswana, Israel e Hong Kong

Coronavírus

Anvisa recebe pedido para uso emergencial de medicamento contra Covid-19

O molnupiravir é fabricado pela empresa Merck Sharp & Dohme

Mais notícias

Saúde

Medprev é alternativa para curtir as férias com a saúde em dia

Sistema que conecta as pessoas com milhares de médicos e clínicas de exames está disponível em Itapema e região

Segurança

Polícia apreende R$ 600 mil em vinho argentino na BR-282

A carga, avaliada em cerca de R$ 600 mil, foi lacrada e entregue à Receita Federal de Lages

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup