keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

Distribuição de doses da vacina Pfizer começa na terça pela manhã em SC

Desta vez, além de Florianópolis e São José, mais três municípios irão receber as doses da vacina Pfizer, Tubarão, Joinville e Blumenau.

X
Divulgação

O Governo de Santa Catarina recebeu nesta segunda-feira (10), nova remessa da vacina Pfizer. O lote com 39.780 doses chegou ao aeroporto de Florianópolis às 19h20 e foi recepcionado pelo secretário adjunto da Saúde, Alexandre Lencina Fagundes. Do aeroporto, as doses da vacina foram encaminhadas para a Central Estadual de Rede de Frio para a separação e organização da distribuição.

“Todo o quantitativo de imunizante que chega a Santa Catarina tem uma importância muito grande, porque nos permite avançar nos grupos prioritários e, assim trazer mais segurança para a população catarinense”, destaca Alexandre Lencina Fagundes, secretário adjunto da Saúde.

Desta vez, além de Florianópolis e São José, mais três municípios irão receber as doses da vacina Pfizer, Tubarão, Joinville e Blumenau. Para Florianópolis serão encaminhadas 10.530 doses, São José vai receber 7.020 doses, já os municípios de Tubarão, Joinville e Blumenau vão receber 4.600 doses cada, totalizando 31.350 doses. Todos esses municípios tiveram suas equipe capacitadas e possuem estrutura física para armazenamento.

A distribuição para estes municípios começa às 8h da manhã desta terça. “O resultado da distribuição do primeiro lote desta vacina somente para Florianópolis e São José foi bem positivo e conseguimos avaliar de perto o manejo necessário para a conservação da temperatura. Por isso, decidimos ampliar a distribuição para outros municípios que já estão aptos para receber esse imunizante”, assinalou o diretor da DIVE, João Augusto Brancher Fuck.

As demais, um total de 8.430 doses, serão distribuídas para outros municípios que possuam estrutura para armazenamento e equipes capacitadas para administrar os imunizantes.

A vacina contra a COVID-19, produzida pelo laboratório Pfizer, chega a Santa Catarina a uma temperatura de -20ºC. Nessa temperatura, as doses podem ser mantidas por até 14 dias. Antes da aplicação, as doses devem ser mantidas a uma temperatura de 2 a 8 graus por um período de até cinco dias.

As vacinas servirão para dar continuidade à vacinação das pessoas com comorbidades, com a aplicação da primeira dose (D1). A segunda dose (D2) deve ser aplicada com um intervalo de 12 semanas após a primeira dose, conforme orientação do Ministério da Saúde.

Fonte: Visor Notícias

Coronavírus

Brasil registra menor média móvel de mortes desde o início da pandemia

Seis meses após o pico da doença, vacinação mostra resultados

Coronavírus

SC começa a semana distribuindo mais de 390 mil doses da vacina contra a Covid-19

O diretor da DIVE, João Augusto Brancher Fuck, alerta, mais uma vez, para a importância da população completar o esquema com as duas doses da vacina contra a Covid-19

Coronavírus

Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta 14 regiões no nível alto e três no moderado

Aumento na Cobertura Vacinal em Santa Catarina permanece sendo um fator essencial na melhora dos indicadores

Coronavírus

‘Dedos de Covid’: Conheça o novo sintoma que aponta infecção do coronavírus

Lesões são causadas como reação do corpo para conter a infecção do coronavírus

Coronavírus

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.204.332 casos e 19.475 mortes

Houve uma alta de 54 no número de casos ativos e há 18 óbitos a mais em comparação com o boletim do dia anterior

Mais notícias

Cidades

Pesquisa avalia hipótese de que sombra de prédios em BC traz mais conforto do que desconforto

O objetivo é apurar o modo como as pessoas reagem às condições microclimáticas

Brasil

Polícia prende Galã da Internet que aplicou golpe de R$ 320 mil em mulheres idosas

Ele entrava em contato pelas redes sociais, iniciava um romance e depois fugia com o dinheiro das vitimas