keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Diretora é investigada após morder mão de criança de 4 anos em escola

Diretora ainda enviou um áudio para família dizendo: "Não mordi forte"

Foto: Divulgação

A Polícia Civil está investigando a diretora de uma escola que mordeu uma criança de quatro anos de idade. Após os fatos, ela ainda enviou um áudio para a família do menino através do WhatsApp, informando que havia ‘mordido o aluno’. A situação foi registrada em uma escola municipal de Tenente Portela, no Rio Grande do Sul.

A mulher mordeu uma das mãos do menino durante a última terça-feira (21). Quem está responsável pela investigação do caso é o delegado Roberto Audino. Ele disse que se ficar comprovado que aconteceu a agressão, a diretora poderá responder por crime de lesão corporal, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Durante o final da tarde, ela ainda teria justificado para a família que não havia mordido forte e que o filho deles foi ‘malcriado’ com ela.  “Com certeza, mãe. Eu, como diretora, não deveria ter feito o que fiz. Não mordi forte, só apertei, como quando a gente brincava, quando criança, de fazer reloginho no amiguinho que estava brincando. Só isso que eu fiz”, dizia na gravação. Ela ainda complementa, “mas, infelizmente, eu tinha vontade de morder de verdade. Porque o seu filho foi muito malcriado com os coleguinhas hoje”.

Depois do ocorrido, os pais decidiram transferir a criança de escola. A prefeitura da cidade deve ainda abrir um processo para investigar a conduta da servidora.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Irmãos traficantes são detidos pela polícia em Itapema

O homem que foi flagrado com a droga afirmou que a maconha pertencia ao outro, que é seu irmão menor de idade

Segurança

Pedófilo europeu de 77 anos procurado internacionalmente é preso em SC

O abuso sexual contra a criança ocorreu em 2019 e o idoso era procurado pela Justiça portuguesa desde então

Segurança

Homem invade UTI e mata paciente com cinco tiros

A vítima estava internada após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo (14)

Segurança

Homem que tentou matar esposa por não aceitar separação e divisão de bens é condenado

Em sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Braço do Norte, o réu foi sentenciado a 10 anos e oito meses, em regime inicial fechado, por tentativa de feminicídio qualificado por motivo fútil e emboscada.

Segurança

Mulher que teve casa incendiada morre com 80% do corpo queimado

A filha da vítima também ficou ferida com as chamas

Mais notícias

Cidades

Itapema realiza audiência para apresentação da LDO 2023

A reunião aconteceu nesta segunda-feira (15/08) auditório da Prefeitura de Itapema

Cidades

Vereador Xepa pede brinquedos para crianças com deficiências nos parques de Itapema

O vereador se une à uma luta de muitas mães de filhos e filhas especiais