keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Diretor da PRF, catarinense Jean Coelho é exonerado após morte de homem em ‘câmara de gás’ em Sergipe

Agentes são investigados após colocarem homem dentro da viatura com gás lacrimogênio

Foi publicado no Diário Oficial da União a exoneração do diretor-executivo da PRF (Polícia Rodoviária Federal), o catarinense Jean Coelho. Ele foi dispensado da função uma semana após agentes transformarem uma viatura da corporação em ‘câmara de gás’ e provocar a morte de Genivaldo de Jesus dos Santos, que gerou uma grande polêmica e comoção nacional.  O documento, assinado pelo Ministro da Casa, Civil Ciro Nogueira, também dispensa o diretor de inteligência, Allan da Mota Rebello. As informações são do Estadão.

Antes de assumir o cargo em Brasília, Coelho comandava a superintendência da PRF em Santa Catarina. Genivaldo, de 38 anos, foi posto no porta-malas de uma viatura em uma tentativa de contê-lo durante uma abordagem. A vítima morreu horas depois, após ser atendida em um hospital de Umbaúba, no sul de Sergipe. Apesar de a dispensa ter ocorrido uma semana após o caso, os motivos da decisão não foram esclarecidos pelo governo federal.

A PRF informou em nota que Genivaldo teria reagido de forma agressiva e precisou ser contido com técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo. O órgão afirmou, ainda que abriu procedimento disciplinar para analisar a conduta dos agentes envolvidos. Os policiais foram afastados. A responsabilidade dos policiais pela morte de Genivaldo também será apurada na esfera criminal.

A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão também abriu uma apuração no âmbito cível sobre “violações aos direitos dos cidadãos e, em especial, aos direitos das pessoas com deficiência”. Conforme a família da vítima, Genivaldo tinha esquizofrenia e era medicado há 20 anos.

Fonte: Estadão

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM

Segurança

Polícia Civil prende homem que estava foragido por tráfico de drogas em Tubarão

O homem foi preso ainda em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo

Segurança

Adolescente ameaça cometer atentado em escola de SC

O jovem é diagnosticado com transtorno mental e foi identificado e medicado

Mais notícias

Segurança

Vizinhos escutam gritos de socorro e descobrem que homem foi morto com 29 facadas

A vítima levou 29 facadas no corpo, a maioria na região do abdômen

Segurança

Policial mata a irmã a tiros e é presa pelo marido, que também é PM

Rhaillayne Oliveira de Mello, 23 anos, foi presa pelo próprio marido, que também é PM