keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Dia Nacional de Combate à Sífilis Congênita alerta para a importância da prevenção, diagnóstico e tratamento

O terceiro sábado do mês de outubro é marcada pelo Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita, uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) que pode ser prevenida com o uso da camisinha em […]

O terceiro sábado do mês de outubro é marcada pelo Dia Nacional de Combate à Sífilis e à Sífilis Congênita, uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) que pode ser prevenida com o uso da camisinha em todas as relações sexuais. Apesar das taxas de infecção terem sofrido uma queda entre os anos de 2018 e 2019 em Santa Catarina, a sífilis ainda é um grande problema de saúde pública e quando a infecção é adquirida antes ou durante a gravidez é ainda mais preocupante.

A médica ginecologista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), Flávia Soares, explica que a sífilis congênita, passada da mãe para o bebê durante a gravidez ou no parto, é uma doença muito grave e pode causar vários problemas para a saúde da criança que vão desde a má formação até a morte. “A maneira mais eficaz de se prevenir da sífilis congênita é fazendo um pré-natal, onde os exames que detectam a sífilis são realizados periodicamente”, esclarece a médica.

A sífilis é uma infecção que, na grande maioria das vezes, é assintomática, ou seja, a pessoa não sabe que tem e continua transmitindo. A infecção pode se manifestar como uma ferida nos órgãos genitais e ínguas (gânglios) nas virilhas, que desaparecem espontaneamente e podem passar despercebidas. A melhor maneira de fazer o diagnóstico é através do teste rápido, que são testes realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), de maneira gratuita, o resultado sai em aproximadamente 30 minutos.

A médica explica que a sífilis tem cura e o tratamento também é realizado na unidade de saúde, gratuitamente. Na gravidez, é essencial que o tratamento seja feito o mais precocemente possível para prevenir a doença no bebê, por isso a importância do diagnóstico.

Sífilis em Santa Catarina

Em Santa Catarina, segundo levantamento da DIVE/SC, a taxa de incidência de sífilis congênita, no bebê, passou de 6,9 em 2018, para 6,0 casos por mil nascidos vivos em 2019. Em gestantes, caiu de 24,7 casos por mil nascidos vivos em 2018 para 21,5 em 2019. Já a taxa de detecção de sífilis adquirida passou de 175 casos por 100.000 habitantes em 2018 para 151,9 casos em 2019.

Para a médica infectologista da DIVE/SC e gerente de Vigilância das IST, HIV/AIDS e Hepatites Virais (GEIST), Regina Valim, a queda nas taxas pode estar relacionada às diversas estratégias de enfrentamento à epidemia de sífilis, principalmente, àquelas focadas na redução da sífilis congênita, realizadas nos níveis federal, estadual e municipal. “Essas estratégias tem possibilitado a qualificação das redes de assistência e vigilância o que reflete na redução do número de casos”, completa.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Cidades

Ciclone: Itapema suspende aulas, atendimento em Posto de Saúde, Mirante e Sine

Até o momento algumas ruas registram alagamentos, queda de barreiras e árvores

Cidades

Alunos da APAE de Balneário Camboriú recebem oficinas de artes visuais

As atividades de formação contribuem para o desenvolvimento dos alunos artistas que vão produzir as ilustrações da segunda edição do livro Histórias Especiais

Cidades

Itajaí inicia obras de R$17 milhões que deve pavimentar 40 ruas da cidade

A grande operação vai contemplar com melhorias ruas de diversos bairros da cidade

Cidades

Observadores de aves se reuniram em Itapema neste final de semana

Os observadores participaram de saídas de campo para a prática no Sertão do Trombudo e Praia Grossa no sábado (06/08) e aves marinhas no domingo (07/08)

Cidades

Alargamento da praia de Itapema é aprovado pela Câmara

O maior destaque da Operação Meia Praia é o projeto de alargamento da faixa de areia deste bairro

Mais notícias

Segurança

Trio que assassinou idoso durante roubo é preso em Joinville

Nesta quarta-feira, foram cumpridas as três prisões e quatro mandados de busca nas cidades de Joinville e São Francisco do Sul

Tempo

Piçarras registra em torno de 100 casas destelhadas por conta do ciclone

Prefeitura ativou abrigo no ginásio de esportes do centro