keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Detalhes de um crime macabro registrado em SC são divulgados pela polícia

Vítima foram encontradas com sinais de violência extrema

Foto: Franciele Cardoso/NDTV/Reprodução

A Polícia Civil investiga um crime chocante e com requintes de crueldade registrado na terça-feira (19), no bairro Araponguinhas, em Timbó, no Vale do Itajaí. No local, um casal foi encontrado morto. Agostinho Petry, de 57 anos e Eliane Maria Stickel Francisco, de 46 anos. Ambos foram assassinados brutalmente.

Agostinho foi decapitado e teve o corpo amarrado. Ele estava em um dos cômodos da casa. Já a esposa, Eliane, foi encontrada com sinais de violência nas costas e também foi amarrada em uma cadeira em um dos quartos da casa. Os corpos foram encontrados pelo filho de Agostinho que foi até a casa do pai e viu pela janela que Eliane estava sentada na cadeira. O jovem acionou a Polícia Militar por volta de 21h.

Quando as equipes chegaram no local encontraram as duas vítimas com diversas lesões. Agora, os investigadores tentam entendera dinâmica dos crimes e localizar suspeitos. Conforme relatos, a casa estava completamente revirada e a caminhonete que era utilizada por Agostinho havia desaparecido.

O carro foi localizado na cidade de Indaial. No entanto, segundo a polícia, há indícios de que a caminhonete estava abandonada no local desde domingo (17). “Tivemos uma ocorrência registrada no último domingo que haveria um veículo estacionado em um bairro de Indaial há um certo tempo”, contou à reportagem o Tenente-Coronel Mario Elias, da PM de Indaial. Ainda de acordo com ele, a guarnição verificou que o veículo estava estacionado e chegou a consultar a placa do automóvel, mas não constatou nada de irregular na caminhonete.

O delegado da Polícia Civil, André Beckman, responsável pela investigação, disse que consideram que os suspeitos não tinham só a intenção de roubar o veículo. “Se a motivação foi simplesmente roubar aquela caminhonete, ela foi abandonada. Então, a gente resume que roubar o carro não era bem a intenção dos suspeitos, mas isso também será verificado, se foi latrocínio ou se foi algum outro tipo de crime nesse caso”, ressaltou.

Ele também afirma que a polícia considera que tenha mais de um envolvido no crime. “Pela lógica, é muito difícil uma pessoa só conseguir render duas. A gente vai trabalhar com a hipótese de que mais de uma pessoa trabalhou com essa situação. Isso será verificado”

Fonte: Com informações do ND+

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Trio que assassinou idoso durante roubo é preso em Joinville

Nesta quarta-feira, foram cumpridas as três prisões e quatro mandados de busca nas cidades de Joinville e São Francisco do Sul

Segurança

Criança encontra o corpo de mãe esfaqueado no quarto de casa

O marido da vítima confessou o crime e alegou “distúrbios psíquicos”

Segurança

Ponte quebra e caminhão fica preso na correnteza de rio em SC

A ponte onde houve o acidente era provisória e tinha a estrutura para aguentar apenas seis toneladas

Segurança

Mulher que morreu em acidente em Tijucas deixa seis filhos

Após sair da pista, o carro capotou e ficou parcialmente submerso

Mais notícias

Geral

Primeiro clube flutuante de SC naufraga na Ilha das Cabras em Balneário Camboriú

Não havia ninguém no local quando a estrutura se desprendeu. A estrutura ficava atracada na margem direita do Rio Camboriú

Cidades

Força-tarefa de Itapema atuou durante toda a madrugada para diminuir estragos do ciclone

Foram registrados em média 150mm de chuva nas últimas 24h e cerca de 26 mil unidades ficaram sem energia elétrica