keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Descubra cinco dicas para economizar nas compras de materiais escolares

O ano letivo começa em fevereiro para as escolas estaduais e municipais de Santa Catarina; compras em grandes varejistas podem garantir economia

X
Reprodução/Fort

As compras de materiais escolares podem sair mais caras em 2021. Segundo pesquisa divulgada pelo Procon/SC, os preços de materiais escolares podem ter diferença de até 699% em alguns itens básicos como borrachas, canetas e tintas de pintura. O órgão de proteção ao consumidor alerta para que os pais ou responsáveis pelos estudantes façam uma pesquisa de valores antes de efetuar a compra de materiais. Além disso, o Procon também chama a atenção para a presença de itens na lista que não são de responsabilidade dos pais fornecerem às escolas.

A coordenadora de marketing do Fort Atacadista, Bianca Carboni, conta que muitos pais acabam optando por fazer a compra de materiais escolares em lojas de atacado. “Os preços mais baixos são um dos atrativos, especialmente se as compras são para mais de um estudante da família, além da comodidade de já encontrar boa parte dos itens no mesmo lugar onde são feitas as compras para a casa”, destaca Bianca.

Separamos 5 dicas que podem ajudar a economizar na hora das compras:

1 – Confira o material que você já tem em casa

Aquela mesma dica que vale para idas normais ao supermercado também vale aqui: não saia de casa sem uma lista por escrito, para evitar a compra de itens desnecessários. Outra dica, principalmente após 2020, ano em que muitos dos materiais comprados para o ano letivo não foram usados em função das aulas à distância, é checar que materiais você já possui em casa e podem ser utilizados ou reaproveitados em 2021.

2 – Grupo de pais

Muitas famílias acabam tendo contato com os pais de outros estudantes. Aproveitem para trocar informações sobre preços e locais que podem ser melhores para fazer as compras. Sugira a compra coletiva de materiais. Lembre-se: grandes quantidades, maiores descontos.

3 – Pesquise além das papelarias

Não faça suas compras logo no primeiro comércio que encontrar. Lojas menores, como os pequenos comércios de bairros, costumam praticar valores menos atrativos. Os atacarejos, supermercados onde o cliente pode optar entre comprar no atacado ou no varejo, costumam ofertar preços mais baixos já que fazem compras mais volumosas em suas negociações com os fabricantes. Nas lojas do Fort Atacadista, rede líder deste segmento em Santa Catarina, há uma série de itens como cadernos, lápis, canetas e cola – e muitos com preços ainda mais baixos para quem efetuar as compras com o Vuon Card.

4 – Priorize itens de urgência

Caso você não tenha se planejado para a volta às aulas presencialmente e, consequentemente, para as compras que elas exigem, uma dica é priorizar os itens que são mais usados no dia a dia, em vez de sair comprando logo a lista completa. Dessa forma, você conseguirá economizar e comprá-los após o período de volta às aulas – quando os preços costumam estar mais elevados em função da alta procura.

5 – Considere as compras online                           

As compras online vêm ganhando força, então é bom incluí-las também na sua lista de possibilidades e pesquisa de preços. Para compras em maiores quantidades costuma compensar, mesmo sendo cobrado o frete. Muitos dos itens da lista de material escolar podem ser encontrados no Delivery Fort, o recém-lançado e-commerce do Fort Atacadista. Por enquanto, a entrega está restrita a bairros das regiões central e Norte da capital catarinense, mas o cliente também pode comprar pelo site e retirar na loja Santo Antônio de Lisboa – nessa opção, não há custo de frete.

Fonte: Visor Notícias

Economia

Porto de Itajaí abre 2021 com 6% de crescimento na movimentação em toneladas

Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes registra 18% de aumento

Economia

Porto Belo desponta no cenário imobiliário impulsionada pela qualidade de vida

O perfil do consumidor mudou bastante, com um aumento de até três dígitos no valor investido para estes produtos

Economia

Sindicato de hotéis de BC apoia plano de aceleração do desenvolvimento econômico

Na manhã desta segunda-feira (22), a Secretaria de Turismo de Balneário Camboriú apresentou o plano de aceleração para o desenvolvimento econômico e turístico do município, intitulado BC 4 Estações. A apresentação aconteceu no Hotel Sibara e […]

Economia

Plano Turístico prevê supertemporada para Balneário Camboriú

O objetivo é ter a maior e melhor temporada para recuperar os impactos sofridos com a pandemia

Economia

Veja quem serão os excluídos do pagamento do novo auxílio emergencial 2021

Distribuição de recursos deve ser realizada a partir do mês de março

Mais notícias

Coronavírus

Chefe do MPSC defende uniformidade entre Estado e municípios para o enfrentamento da covid-19

A reunião desta tarde foi conduzida pelo Executivo estadual para tratar do atual cenário da pandemia em Santa Catarina

Segurança

Idosa sai para ir a uma festa e é encontrada 10 dias depois em buraco pela família

Idosa saiu de uma festa de aniversário no dia 13 de fevereiro para ir para casa e caiu dentro de uma grota