keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Deputado Jorginho Mello defende Refis para pequenos negócios

O deputado federal Jorginho Mello (PR) se reuniu com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para cobrar que seja votado o pedido de urgência para o projeto de lei que atualiza a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. O objetivo é incluir na proposta um programa de refinanciamento de dívidas tributárias para as micro e pequenas empresas com os mesmos benefícios que foram dados para as grandes empresas em recente Medida Provisória editada pelo Governo e aprovada pelo Congresso Nacional.

Presidente da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, Jorginho Mello lembra que as micro e pequenas empresas foram excluídas do último Refis, exclusivo para as grandes empresas. “A Constituição Federal diz que os pequenos negócios devem ter um tratamento diferenciado, mas nesse caso o Governo deu tratamento diferenciado às avessas, privilegiando as grandes empresas”, destacou o parlamentar.

O projeto de lei também traz a previsão de serem criadas Empresas Simples de Crédito (ESC), que poderão emprestar dinheiro para os pequenos negócios de sua cidade, e de um cadastro positivo das empresas que estão em dia com os impostos, para conceder benefícios àquelas que precisam solicitar empréstimos.

Brasil

Homem vendia ossos humanos para rituais religiosos

O suspeito foi detido quando estava com um crânio e dois ossos que seriam entregues a um possível comprador

Brasil

De anel de jacaré a prédio comercial: os bens inusitados dos candidatos a prefeito e vereador

Mais de 340 mil candidatos declararam bens que superam R$ 1 milhão

Brasil

Apresentadora Palmirinha Onofre é internada em SP e preocupa fãs

Ela deu entrada no hospital na quinta-feira (22)

Brasil

Estudos apontam inviabilidade da concessão de diversas rodovias federais em SC

Apresentação realizada pelo secretário Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura, Marcello da Costa Vieira, em oficina on-line da Federação nesta terça, preocupa a indústria catarinense, pois a falta de investimentos pode comprometer a eficiência e integridade da infraestrutura de transportes do estado; oficinas prosseguem até quinta (29)

Brasil

Radares escondidos ficam proibidos a partir do feriadão de Finados

Nova resolução do Contran entra em vigor no próximo dia primeiro

Mais notícias