keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Deputada Paulinha protocola projeto que prioriza gestantes na vacinação contra a Covid-19

Ela explica que a operacionalização da vacina poderá ser realizada pelo poder público estadual ou municipal

X
Divulgação

Iniciativas em benefícios às mulheres catarinenses pautam as causas da deputada Paulinha. Na sexta, dia 14 de maio, a parlamentar protocolou projeto de lei que estabelece prioridade na vacinação contra a COVID-19 para as gestantes, puérperas e lactantes no Estado de Santa Catarina.

Ela explica que a operacionalização da vacina poderá ser realizada pelo poder público estadual ou municipal, garantida a hipótese de realização de convênios e parcerias visando a sua execução de maneira gratuita.

Projetos

Recentemente, por unanimidade, o PL 30/2019, que institui, no âmbito estadual, o Programa Tem Saída, destinado ao apoio às mulheres em situação de violência doméstica e familiar foi aprovado em plenário na Assembleia Legislativa. “Com certeza é mais um avanço importante para a adoção de políticas públicas em benefícios para as mulheres catarinenses”, comentou a deputada Paulinha que em seu pronunciamento no Plenário solicitou celeridade a este projeto por sua relevância à sociedade catarinense.

Esse projeto objetiva estimular a autonomia financeira da mulher vítima da violência doméstica e familiar, por meio de cursos de qualificação profissional. Ainda pretende prover o acesso a atendimento humanizado e qualificado e, por fim, garantir a recolocação dessas mulheres as atividades ocupacionais de renda.


“ Seria uma verdadeira rede de apoio as mulheres vítimas de violência doméstica visando o seu acolhimento e, por fim, a sua recolocação no mercado de trabalho”, comenta a parlamentar que vibrou com o aval da CCJ.
Além do Tem Saída, a deputada Paulinha possuiu ainda outros projetos em benefícios das mulheres catarinenses.
São eles, o projeto 0018.0/2021, que cria o programa de capacitação de agentes comunitárias de saúde para realização de acolhimento a vítimas de violência doméstica do Estado de Santa Catarina, denominado “Capacitando Quem Acolhe”.
Ainda está tramitando no Parlamento, o PL./0459.0/2019 que institui o Selo Prefeitura Amiga das Mulheres, no âmbito do Estado de Santa Catarina.

A deputada também é autora do PRS/0003.4/2019, que dispõe sobre a criação, no âmbito da Assembleia Legislativa, do Subprograma Mulher no Parlamento, e adota outras providências.

Paulinha também apresentou o PRS/0008.9/2019, que dispõe sobre a destinação de percentual das vagas relativas aos contratos de prestação de serviços continuados e terceirizados, no âmbito da ALESC, às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, e para jovens de 15 a 29 anos de idade vítimas de prática de racismo ou injúria racial que especifica.


E é autora do PL./0296.9/2019, garante a gestante o acesso ao parto cesariano, na Rede Pública ou Privada de Saúde, a partir da trigésima nona semana de gestação, quando por recomendação médica.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Professores de ciências participam de encontro para troca de experiências

Uso de experimentos nas aulas de ciências constitui uma relevante ferramenta no processo de aprendizagem

Geral

Vetter inicia construção de novo empreendimento em Penha

Com arquitetura contemporânea, o Coral Gables insere a cidade no rol do mercado imobiliário de luxo com aposta em soluções inéditas

Geral

Vídeo: Motorista perde controle em rotatória e quase vai para dentro de lagoa

O acidente foi registrado por volta das 3h50min em uma rotatória da cidade de Penha

Geral

“Considero ele um monstro”, pai de serial killer se desculpa por mortes

Durante uma semana de fuga, o homem matou pelo menos quatro pessoas e baleou outras três, além de fazer reféns em chácaras

Mais notícias

Segurança

Assaltante morre em confronto com a PM e dois são presos em Bombinhas

Dois criminosos foram mortos no final da tarde desta quinta-feira (17), no bairro José Amândio, em Bombinhas. Segundo informações preliminares eles haviam praticado assaltos na região da Grande Florianópoli

Cidades

Violência contra o idoso dobra durante pandemia e continua crescendo

Alerta foi feito nesta quinta-feira (17) durante Roda de Conversa entre os vereadores de São José , representantes de entidades e do município