keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Delegado de Itapema conta detalhes de como localizou homem que matou comerciante

Homem seria responsável por ter começado a discussão e atirado em Daniel dos Santos, de 24 anos

Foto: Visor/Divulgação

Usando nome falso, escondido na casa de um amigo, com a esposa e os dois filhos. Foi assim que o delegado de Itapema, Diogo Medeiros e os investigadores, encontraram na noite de quinta-feira (25), em Arapongas (PR), um dos envolvidos no assassinato contra o comerciante Daniel dos Santos, de 24 anos. Segundo Medeiros, as investigações apontam que ele foi o responsável por atirar quatro vezes no jovem, em frente ao mercado da família, na noite de segunda-feira (23). 

Após localizar o homem, os policiais civis permaneceram de campana no local, onde o monitoraram. Para chegar ao paradeiro dele, as câmeras de monitoramento do mercado foram cruciais. Através delas, foi possível identificar a presença de um veículo Fiat/Uno preto, cuja placa batia com o suspeito natural do Paraná.

Diante das características, foi solicitado prisão preventiva ao Ministério Público e judiciário. Em conjunto com o setor de inteligência da polícia de Arapongas (PR), as ações foram montadas para prender o suspeito. “Ficamos um dia em campana e verificamos ainda que ele levou a esposa e os dois filhos junto. Decretamos a prisão e já encaminhamos para UPA”, comenta o delegado.

Suspeito começou a discussão

Os investigadores de Itapema, coordenados pelo delegado Diogo Medeiros, trabalham com diversas linhas de investigação. Uma delas é que o homem preso no Paraná, foi quem iniciou a discussão com Daniel, por conta da máscara, a qual o comerciante havia solicitado. Ainda, conforme Medeiros, foi ele quem fez toda confusão e que, atirou por quatro vezes na vítima. “Nas imagens mostra ele de capuz e atirando, mas ele não foi ouvido até o momento”, comenta.

Segundo a polícia, ele morava na rua 450, no Jardim Praia Mar, há pelo menos três anos. Após os fatos, fugiu para Arapongas (PR). O suspeito usava nome falso, por conta de um mandado de prisão em aberto que ele tem de outro homicídio. Por enquanto, os outros envolvidos não foram detidos, mas a polícia reforça que as investigações seguem para localizar os dois suspeitos. 

Fonte: Brunela Maria/Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Homem é preso por extorsão pela internet em SC

A investigação foi realizada por meses. A vítima transferiu valores ao homem pelo sistema bancário

Segurança

Policial é preso dentro de fábrica de drogas em Santa Catarina

Durante as buscas, foram apreendidas prensas mecânicas, maquinário, insumos, princípios ativos e também comprimidos de "ecstasy" já prensados e prontos para a distribuição

Segurança

BMW de Balneário Camboriú é flagrada a mais de 170km/h

O carro tem placas de Balneário Camboriú e a infração foi registrada na tarde desta quarta-feira (25)

Segurança

Polícia prende os principais traficantes de drogas do Oeste catarinense

Os trabalhos consistem em operações de combate ao tráfico de drogas e ao crime organizado

Segurança

Homem que matou advogada em BC e manteve corpo da esposa no gelo é condenado a 18 anos de prisão

Homem usou produtos químicos e gelo, na tentativa de mascarar o odor do cadáver

Mais notícias

Cidades

Bisneto de Nelson Mandela se torna voluntário durante passagem por Florianópolis

Siyabuela Mandela visitou o projeto Bairro Educador e cortou o cabelo na Passarela da Cidadania.

Geral

Audiência virtual do TJ-RS é interrompida após homem aparecer sentado nu em vaso sanitário

Poder Judiciário afirma que toma providências para apurar caso. Episódio ocorreu durante sessão da 21ª Câmara Cível