keyboard_backspace

Página Inicial

Cultura e Lazer

Curta-metragem rodado em BC é selecionado para competição de cinema do Mercosul

O filme escrito e dirigido por André Gevaerd adapta para o cinema o romance “As Fantasias Eletivas”, de Carlos Henrique Schroeder, bibliografia obrigatória para ingresso nas principais universidades do sul do Brasil.

“Vivemos em um mundo cheio de preconceitos, e o combate a estes deve ser prioridade”. defende o diretor André Gevaerd.

O curta-metragem, realizado em Balneário Camboriú/SC e estrelado por Renato Turnes — um verdadeiro talento do cinema e teatro de Santa Catarina, e Mariana Genesio Peña — atriz trans argentina, foi selecionado para a Mostra Competitiva de Curtas Mercosul. Considerada a mostra de curtas mais importante e disputada do Festival de Cinema Florianópolis Audiovisual Mercosul — FAM 2020. Festival que chega em sua 24ª edição reunindo o melhor da cinematografia brasileira e do Mercosul.

A obra literária narra história de Renê, um recepcionista noturno de hotel na turística Balneário Camboriú, que tenta reconstruir sua vida e encontra na amizade de Copi, um travesti obcecado por fotografias, uma alternativa para sua vida destruída. Renê lerá o que Copi escreve e será o único que terá acesso a suas fotos de surpreendente beleza. É quando um livro se abre dentro do livro, e tudo se torna um grande ensaio da alma humana. As fantasias eletivas une prosa, poesia e fotografia para refletir sobre a solidão e a criação literária, e mostra como a literatura, a de verdade, é sobretudo feita de sangue.

O curta-metragem “Copi” retrata na linguagem cinematográfica o universo narrativo da obra de maneira fiel e com um olhar sensível e humanizado para enaltecer as particularidades da história que trata de temas como solidão, amizade, preconceito e perda afetiva, e para isso traz em sua narrativa a relação que se estabelece entre um homem comum brasileiro e uma artista travesti argentina. O primeiro contato conturbado é superado através do reconhecimento do outro. Assim, nasce uma amizade improvável dotada de cumplicidade e compreensão. O curta também conta com atores como Néstor Guzini (vencedor do Kikito de melhor ator), Melize Zanoni, Luciano Estevão, Junior Farias e Dino Galdi.

“O filme é mais delicado do que o livro, o que gostei muito. Ele investiga outros nuances da história. É uma bela janela para o interior de Renê e Copi”, destaca o escritor catarinense Carlos Henrique Schroeder.

“Copi” possui diálogos em português e espanhol, com objetivo de estreitar os laços afetivos e comunicativos entre brasileiros e argentinos. A cooperação cultural entre os dois países reforça a cultura latina enraizada na cultura sul-americana, mas com olhar em sentimentos universais capaz de comunicar-se com pessoas de qualquer nacionalidade.

Cineramabc Filmes

A produção do curta-metragem é assinada pela Cineramabc Filmes com o patrocínio da Lei Municipal de Incentivo e Fomento à Cultura (LIC-BC/FCBC), através da Fundação Cultural e da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú. A realização do curta-metragem contou com apoio do Hotel Camboriú e Hotel Blumenau, que serviram de cenário das gravações.

“Copi” é o terceiro curta-metragem do cineasta André Gevaerd como diretor. André é fundador da Cineramabc Filmes, produtora de conteúdo audiovisual sediada na cidade a mais de 12 anos. Além disso é empreendedor cultural e idealizou a Arthousebc, casa artístico-cultural inovadora que integra variadas áreas artísticas (Cinema, Música, Artes Cênicas, Dança, Literatura, Fotografia, Artes Visuais, etc). Em pouco tempo, o espaço tornou-se ponto de encontro de artistas, profissionais e empresários que tornaram a casa um centro de inovação, inclusão social e fomento cultural.

FAM 2020

A 24ª edição do Festival de Cinema Florianópolis Audiovisual Mercosul – FAM 2020, que reúne o melhor da cinematografia brasileira e do Mercosul, será realizada em formato inédito esse ano por conta da pandemia. O Festival, com realização prevista de 24 a 30 de setembro será transmitido on-line para todo o continente.

Na Mostra Curtas Mercosul, foram selecionados 12 filmes de cinco países: Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Peru. Duas produções de Santa Catarina, sendo uma coprodução com Argentina e oito produções internacionais com três coproduções.

Para apoiar a realização do FAM 2020 e garantir ingressos para assistir filmes inéditos do conforto e segurança da sua casa é preciso contribuir com a campanha na plataforma Benfeitoria que segue até o dia 21/08: https://benfeitoria.com/famdetodos

Trailer COPI: 

Sinopse COPI

Renê, 35 anos, é recepcionista de um hotel no período noturno e complementa sua renda fazendo bicos para pagar a pensão de seu filho de 6 anos. Copi, 41 anos, é uma artista amadora, argentina, travesti, que ganha a vida na noite de Balneário Camboriú. O caminho dos dois se cruza e uma improvável amizade nasce tão rapidamente quanto é interrompida.

Ficha Técnica

Título: Copi
Gênero: Drama
Duração: 18’
Idioma: Português / Espanhol
Produção: Brasil / Argentina
Filmagem: Brasil
Janela: 1.1:85
Formato: DCP 2K, Dolby Digital, Cor
Formato captação: 2K raw
Lançamento: 08/2020

Equipe

Direção e Roteiro: André Gevaerd
Assistente de Direção: Santiago Asef
Elenco: Renato Turnes, Mariana Genesio Peña, Néstor Guzzini, Luciano Estevão, Melize Zanoni, Junior Farias, Dino Galdi
Produção: André Gevaerd, Isabela Traple Neves e Ney Felipe Neves
Produção Executiva: Alceu Bett e Toni Denardin
Direção de Produção: Bruno Gehring
Direção de Fotografia: Máuri Nicolotti
Direção de Arte: Sabrina Haenisch
Ilustrações e Caligrafia: Karen Piovan
Figurino: Diego Suffredini de Freitas
Maquiagem: Kamila Padilha
Montagem: Manga Campion, Santi Asef e Matias Merino
Desenho de Som / Diseño de Sonido / Sound Design: Diego Dambrowski
Trilha Sonora Original: Jairo Adriano da Silva e Diego Dambrowski
Música / Música / Music: “Seguir viviendo sin tu amor”, de Luis Alberto Spinetta

 

Cultura e Lazer

Floripa Shopping retoma suas atividades aos domingos

Abertura dos lojistas aos domingos ficará facultativa até o final do mês

Cultura e Lazer

Encontro virtual de observação de aves reúne participantes de 56 cidades brasileiras

O evento é realizado há anos na região turística e ganhou a versão virtual diante das medidas de enfrentamento à Covid-19

Mais notícias