keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Criminoso do Paraná é considerado serial killer pela polícia dos EUA

Homem cometeu crimes contra mulheres entre 1996 e 2001

X
Homem cometeu crimes contra mulheres entre 1996 e 2001

O brasileiro Roberto Wagner Fernandes, natural do Paraná, foi considerado um serial killer pelas autoridades da Flórida, dos Estados Unidos.  O homem cometeu crimes contra mulheres entre 1996 e 2001, tanto no Brasil quanto no exterior. Em 2005, Roberto, que era piloto de avião, morreu em um acidente aéreo, antes que os casos pudessem ser solucionados. Seu corpo foi exumado e o DNA dele foi encontrado nas vítimas da Flórida. No Brasil, o homem é o principal suspeito pela morte de Danyelle Bouças Fernandes, em Londrina, cidade do norte do Paraná.

Na época, o assassinato de Danyelle foi registrado pela imprensa local. A Folha de Londrina relata que a jovem de 27 anos foi morta em um apartamento da rua Piauí, centro da cidade, na madrugada do dia 19 de novembro de 1996. Ela foi encontrada por vizinhos com duas perfurações causadas por disparos de arma de fogo: um no tórax e outro no abdômen.

Roberto era seu marido na época e, juntos, tinham uma filha de dois anos. Ele foi visto saindo do prédio, com a filha nos braços, momentos depois que populares escutaram os disparos. O homem alegou ter atirado em Danyelle por legítima defesa depois que ela teria atendido a uma chamada de uma garota de programa que teve um caso. Conforme reportagem da Folha de Londrina, a prostituta informou à Polícia Civil que Roberto havia tentado matá-la afogada em um motel.

Desde então, Roberto viajou entre países pilotando seu avião. No exterior, ele é considerado responsável pelas mortes de Kimberly Dietz-Livesey, Sia Demas e Jessica Good. De acordo com o R7, os três casos apresentavam padrões similares, e a evidência de DNA obtida apontava que havia um mesmo autor para os três assassinatos.

Em junho de 2000, foi encontrado o corpo de Dietz-Livesey, dentro de uma mala, em uma estrada da localidade de Cooper City, no sul da Flórida. Em agosto do mesmo ano, o corpo de Demas foi achado em uma bolsa de lona, em outra estrada, perto de Denia Beach, e um ano mais tarde, o de Good, flutuando em Biscayne Bay, em Miami-Dade.

Todas eram garotas de programa. Roberto foi considerado suspeito pelas mortes, mas voltou ao Brasil depois que o corpo de Good foi localizado. Em 2005, o piloto morreu em um acidente aéreo. Entre o fim do ano passado e início deste, foi possível exumar o corpo do homem e coletar o DNA, confirmando as suspeitas. “A justiça nunca expira“, disse o xerife do condado de Broward, Gregory Tony, como relata o R7. Danyelle está enterrada no cemitério São Pedro, no centro de Londrina.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Homem só permitia que enteada de 11 anos saísse para brincar em troca de atos sexuais

As investigações apontam que o padrasto abusou sexualmente da menina dos 11 aos 12 anos

Segurança

Briga familiar termina com policial baleado e homem morto

A ambulância foi acionada, atendeu a ocorrência e encaminhou o agente baleado para o Hospital São Camilo, em Imbituba

Segurança

Motociclista morre após bater em carro estacionado

A motorista do carro também foi atendida, pois estava com sinais característicos de crise nervosa

Segurança

Operação histórica: Polícia estoura fábrica de traficantes e apreende R$10 milhões em drogas sintéticas em SC

Essa operação rendeu o que já é considerada uma das maiores apreensões de drogas sintéticas do Brasil

Mais notícias

Coronavírus

Máscaras irregulares vendidas ao governo de SC serão devolvidas à empresa na próxima segunda-feira

Nesta sexta, os servidores da pasta farão a contabilidade dos itens devolvidos no almoxarifado da Secretaria, em Florianópolis

Mercado Imobiliário

Vídeo: Sinergia entre setor imobiliário e turismo garante desenvolvimento para o litoral latarinense

Ligação entre esses dois importantes setores da economia é o destaque desta semana do Mercado Imobiliário SC, do Visor Notícias