keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Crime em SC: Filha matou pai com 20 facadas, furtou dinheiro da vítima e dividiu com amigos

Dinheiro furtado pelas meninas foi repartido com outros dois adolescentes

X
Divulgação

Após matar o próprio pai, Neife Lui Werlang, de 46 anos, a filha dele, de 12 anos, e a amiga, de 13, furtaram dinheiro da vítima e dividiram entre amigos após o crime. O policial civil foi assassinado em uma emboscada planejada pela menina e a amiga em outubro na cidade de São Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste de Santa Catarina. As investigações apontaram ainda que o agente foi assassinado com mais de 20 golpes de facas no tórax, pescoço e abdômen.

Conforme o levantamento, ele foi atingido no momento que entrava no quarto, por volta das 19h15. Após o homicídio, de acordo com a investigação, as adolescentes furtaram determinado valor em dinheiro que ele guardava em casa e fugiram do local. A quantia furtada não foi revelada pela polícia. Antes da fuga, dispensaram a faca usada no crime e as roupas com marcas de sangue. Os materiais foram apreendidos, periciados e confrontados com material genérico pelo IGP (Instituto Geral de Perícias).

O dinheiro furtado pelas meninas foi repartido com outros dois adolescentes, colegas delas, segundo a polícia. Com autorizações judiciais, a Polícia Civil fez buscas e apreendeu nas casas deles parte do valor levado. Os dois foram indiciados por ato infracional de favorecimento real.

O Inquérito Policial foi concluído no dia 5 e encaminhado ao Poder Judiciário. As meninas foram indiciadas por “atos infracionais análogos ao crime de homicídio qualificado pelo motivo torpe, emboscada e traição, além de furto.” Imagens de câmeras de monitoramento ajudaram a polícia a desvendar o caminho das meninas antes e depois do homicídio, e concluir que tudo foi planejado.

A filha do agente policial pediu à Justiça autorização para comparecer ao velório do pai, o que foi negado pelo juiz com a alegação de que “o caso é de grande comoção social, devendo-se preservar, inclusive, a integridade física da adolescente.” O despacho do juiz considerou ser “difícil até achar palavras para negar pedido tão impróprio, numa hora igualmente tão imprópria”. O texto diz, ainda, que, “ao desferir as facadas como fez, ela já se despediu do pai.”

O agente Neife Luiz Werlang ingressou na Polícia Civil em junho de 1996. Ele iniciou a função na Comarca de Itapiranga, onde ficou por um ano. Atuou, em seguida, na Delegacia de Comarca de São Miguel do Oeste. Depois, na Delegacia de Polícia da Comarca de Xanxerê e na Divisão de Investigação Criminal de São Miguel do Oeste.

Homicídio brutal

Neife Luiz Werlang foi encontrado morto na noite de sexta-feira, dia 15 de outubro, em casa no bairro Agostini.  A morte dele foi investigada sob extremo sigilo, inclusive a pedido do Delegado-Geral da Polícia Civil, Marcos Flávio Ghizoni Júnior ao Delegado Regional de São Miguel do Oeste, Wesley Andrade.

Atualmente, era responsável pelo setor de Alvarás da Delegacia Regional de Polícia de São Miguel do Oeste e responsável pela Delegacia de Polícia do Município de Paraíso. O policial civil foi morto brutalmente e o crime esclarecido. O velório e o sepultamento serão em São Miguel do Oeste.

Fonte: Com informações do ND+

Segurança

Bombeiros encontram corpo do jovem que salvou crianças e morreu afogado no Norte de SC

O jovem havia desaparecido nas águas, após resgatar duas crianças de 9 e 12 anos, que se afogavam no local. O Corpo foi recolhido pelo IGP (Instituto Geral de Perícias).

Segurança

O que motivou o assassinato da jovem encontrada enterrada na praia em SC

Antes de ser assassinada, ela teve ainda que cavar a própria cova

Segurança

Mãe que abandonou bebê em geladeira é presa pela Polícia Militar

Suposta mãe da criança entregou um embrulho para vizinha, há um ano atrás, dizendo que era um pedaço de carne

Mais notícias

Segurança

Bombeiros encontram corpo do jovem que salvou crianças e morreu afogado no Norte de SC

O jovem havia desaparecido nas águas, após resgatar duas crianças de 9 e 12 anos, que se afogavam no local. O Corpo foi recolhido pelo IGP (Instituto Geral de Perícias).

Animal

Vídeo: Cobra com sede acaba presa em lata de cerveja

O animal, de cerca de um metro e meio, foi flagrado pelos moradores, depois que ouviram um barulho estranho na cozinha.

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup