keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Crime brutal em SC: Amigo matou família inteira com facadas no pescoço e depois colocou fogo na casa

Homem teve um "apagão" e quando acordou viu que estava com a faca na mão e família toda sem vida

X
Foto: Bombeiros/Divulgação

A Polícia Civil desvendou o crime por trás de uma tragédia envolvendo uma família inteira em São Domingos, no Oeste do Estado. O crime ocorreu no dia 8 de maio e o inquérito, que investiga a morte de quatro pessoas, entre elas, duas crianças, foi concluído na sexta-feira (9). Um suspeito está preso em Xanxerê. Segundo o delegado Roberto Marin Fronza, responsável pelo caso, um amigo da família foi quem assassinou todos com facadas no pescoço e depois colocou fogo na casa. 

O homem confessou detalhes do crime. Ele conta que usou drogas antes de ter uma espécie de “apagão”. Quando acordou, percebeu que segurava uma faca nas mãos e viu as quatro vítimas sem vida.   O incêndio, segundo a polícia, foi uma forma de acobertar o crime. Um galão com diesel foi encontrado na casa do suspeito. Ele foi identificado por testemunhas que afirmaram que ele esteve na residência no dia dos assassinatos.

Segundo Fronza, o homem era muito próximo a família, considerado um primo de criação. Ele foi preso temporariamente seis dias após o crime. O suspeito foi indiciado por quatro homicídios qualificados e por ter ateado fogo na residência. A perícia feita nos corpos das vítimas apontou que as mortes não teriam sido provocadas pelo incêndio. Segundo o perito Renan Locatelli, foram identificados cortes nos pescoços dos quatro mortos. A mulher de 31 anos também tinha um ferimento no tórax.

Os locais onde as crianças de 10 e 11 anos foram encontradas também aumentaram a suspeita de que se tratava de um assassinato. Elas estavam na cama e no sofá da residência. O fato, segundo o delegado Fronza, chamou a atenção, pois, indicou que elas não tentaram fugir das chamas. O carro do suspeito também foi periciado. No veículo foi encontrado sangue e a amostra foi levada ao Instituto Geral de Perícias. Não foi confirmado se o material coletado pertencia a alguma das vítimas.

O Corpo de Bombeiros de São Domingos foi acionado na manhã do dia 8 de maio. Pai, mãe e dois filhos estavam na residência que foi completamente destruída pelo fogo no bairro Esperança. As vítimas são Neocir Rodrigheri, de 34 anos, a esposa Raquel Alves, de 31, e os filhos João Rodigheri, 11, e Maria Rodigheri, 10.

Fonte: Com informações da NSC

Segurança

Carro com duas pessoas capota em Navegantes

Ao chegar no local, a guarnição constatou que se tratava de um veículo com duas vítimas ainda no interior do veículo

Segurança

Motoristas com sinal de embriaguez capota fusca com criança de 4 anos dentro

O carro caiu em um barranco às margens da SC-415, em Balneário Barra do Sul

Segurança

Homem sobrevive após levar dois tiros na cabeça em tentativa de homicídio

De acordo com o hospital, o homem, que não teve a identidade confirmada, passou por cirurgia e está internado em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva)

Segurança

Casal é encontrado morto dentro de casa após idosa cadeirante se arrastar para pedir ajuda

Populares conseguiram ajudar a idosa que se arrastou até a entrada do sítio

Mais notícias

Geral

Tristeza! Criança grava vídeo pedindo para as pessoas não envenenarem animais após ter o gato morto

Um relato emocionante foi feito pelo pequeno Murilo, morador de Rio Negrinho, após seu gato, o Biscoito, ter sido envenenado e morrer. “Oi gente, vocês podem ver como eu estou vermelho né. É que meu […]

Segurança

Carro com duas pessoas capota em Navegantes

Ao chegar no local, a guarnição constatou que se tratava de um veículo com duas vítimas ainda no interior do veículo