keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Criador de antivírus é preso por usar calcinha como proteção para o coronavírus

O criador do antivírus McAffe, John McAffe, foi preso na Noruega por usar calcinha com máscara de proteção. Antes de embarcar, ele foi abordado por policiais que pediram que ele retirasse a calcinha do rosto. As leis norueguesas consideram a exposição de roupas íntimas como atentado ao pudor.

McAffe se recusou, afirmando que a calcinha era sua proteção, ele acabou preso. O milionário foi solto cerca de 14 horas depois.

O criador do antivírus já é conhecido por polêmicas. Ele chegou a fugir de seu país de origem, os EUA, após assumir que ficou oito anos sem pagar impostos. Perseguido por autoridades norte-americanas, ele dizia não ser justo o governo ficar com parte de seus lucros se ele não faz uso de serviços do governo.

Após fugir dos Estados Unidos, McAffe foi para Cuba. Entretanto começou a ter problemas com o governo local e se mudou para a República Dominicana. Neste país acabou sendo detido por ter armas no barco em que morava. Antes de ir para a Noruega ele passou alguns dias na Inglaterra. McAffee é fundador da McAfee Associates, que ele administrou de 1987 a 1994, quando renunciou.

Geral

Incêndios no Pantanal: comissão visita Mato Grosso neste sábado

Comissão vai analisar em 90 dias ações que foram feitas no Pantanal

Brasil, Geral

Projeto prevê parcelamento de dívidas trabalhistas em até 60 meses

Texto especifica que cada uma das parcelas deve ter o valor mínimo de um salário mínimo

Geral

Tijucas terá que disponibilizar caminhões-pipa para moradores se caso faltar água na cidade

Liminar busca resolver definitivamente problema crônico no município

Geral

Pesquisa revela que 47% das pessoas temem viajar de avião por causa da Covid-19

Entrevistados apoiam uso de máscaras e limpeza de áreas de circulação

Mais notícias