keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Covid-19: Sem vaga em cemitério, família fica com corpo de idosa em casa durante 12 dias

Mulher teve que conviver com o cadáver da mãe já em decomposição na sala da casa

X
Foto: Reprodução

Uma mulher teve que manter o corpo da própria mãe no caixão na sala de estar por duas semanas. A situação ocorreu devido às faltas de vagas em cemitérios. Diante do número de mortos, vítimas da Covid-19, não havia lugar para realizar o sepultamento da idosa na cidade de Palermo, na ilha Italiana da Sicília. 

Giusy La Mantia foi orientada a manter o caixão em casa. Ao jornal The Sun, ela relatou que a morte da mãe ocorreu no dia 19 de fevereiro, e que a família notificou imediatamente a agência funerária. No entanto, a família não possuía jazigo para o enterro. Assim, eles foram informados de que o corpo deveria ser guardado em casa, pois no momento não havia espaço nos cemitérios da cidade.

Mas depois de mais de 12 dias, com o caixão ainda em sua sala de estar, nada aconteceu. Giuzy convivia com o cadáver já em decomposição de sua mãe.

“Pensamos que era apenas uma questão de um ou dois dias, no máximo. Só o tempo suficiente para organizar o enterro. Mas os dias se passaram e ninguém apareceu para pegar o caixão”, disse Giusy ao The Sun. “Minha família propôs várias soluções, como armazenamento em outros cemitérios. Mas fomos informados de que não era possível devido à situação de emergência com a Covid. Você nem mesmo pode morrer com dignidade”, completou.

Centenas de caixões ocupam o depósito do cemitério de Palermo por causa da falta de túmulos durante meses, enquanto a pandemia atingia a ilha.

Fonte: ND+/The Sun

Geral

Governadora de SC determina força máxima para buscar e devolver os R$ 33 milhões aos cofres públicos

Daniela pediu força máxima no caso e acionou a Procuradoria-Geral do Estado para avançar nas buscas pelos valores

Geral

BR-282 na Grande Florianópolis terá interrupções no fluxo para corte de árvores

Motoristas que passam pela BR-282 no trecho entre os municípios de Águas Mornas e Rancho Queimado, na grande Florianópolis, devem ter atenção redobrada durante este mês de abril. Uma empresa contratada pelo DNIT (Departamento Nacional […]

Geral

Vereadores catarinenses querem legalizar a maionese verde

O texto tem como objetivo a legalização da maionese caseira em bares, lanchonetes e restaurantes do município de Içara

Geral

MP quer converter pena de prisão de casal que fez sexo no Caixa D’aço em multa e trabalho comunitário

A Justiça deverá marcar uma audiência com os réus para que eles saibam da proposta e para que decidam se aceitam ou não a transação penal oferecida pela promotoria de Justiça

Geral

Restaurante e quadras de futebol são interditados por fiscalização em Itajaí

Durante a ação foram verificadas 14 denúncias e efetuados 11 termos de visita, nove autos de intimação e 14 termos de orientação, sete autos de infração

Mais notícias

Segurança

Ladrão é preso furtando pacotes de sucos em residência de SC

De acordo com a Polícia Militar, a vítima teria informado que ao chegar em casa percebeu que as janelas dos fundos estavam arrombadas e com a tranca estourada

Segurança

Ator Felipe Titto é detido após abordar homem que abandonou cachorro em rodovia no RS

Felipe disse que que ficou alterado por causa da cena que tinha presenciado