keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Conheça o alimento supernutritivo que se adaptou a todas as culturas e ‘mudou o mundo’

Em de 1957, o filósofo francês Roland Barthes chamou a batata frita (la frite) de “patriótica” e símbolo da “francesidade”. Mas um século antes, uma praga havia destruído as plantações de batata da Irlanda, levando à chamada Grande Fome, que em poucos anos reduziu pela metade a população local, produzindo um efeito em cascata de décadas de turbulência econômica e social. A batata é um alimento simples e comum nas mesas da grande maioria das famílias do mundo atualmente e pode ser considerado um alimento adaptado a todas as culturas e fonte fundamental de alimento.

Os principais produtores mundiais de batata são China, Índia, Rússia e Ucrânia, respectivamente. Mas nenhum desses países pode chamar a batata de “nativa”. As informações são de reportagem da BBV Brasil. A batata começou a ser cultivada na Cordilheira dos Andes, na América do Sul, há cerca de 8 mil anos e só foi levada para a Europa em meados de 1500, de onde se espalhou para o resto do mundo.

Para o resto do mundo além dos Andes, a batata pode não ser nativa, mas parece local. A historiadora de alimentos, Rebecca Earle, chama o tubérculo de “o imigrante mais bem-sucedido do mundo”, uma vez que sua origem se tornou irreconhecível para produtores e consumidores de toda parte.

“É cultivada praticamente no mundo todo, e em praticamente todos os lugares, as pessoas a consideram um alimento regional.”

Para o resto do mundo além dos Andes, a batata pode não ser nativa, mas parece local. Earle chama o tubérculo de “o imigrante mais bem-sucedido do mundo”, uma vez que sua origem se tornou irreconhecível para produtores e consumidores de toda parte.

Após serem domesticadas, as primeiras plantações do tubérculo se espalharam pela cordilheira e se tornaram um suprimento alimentar crucial para as comunidades indígenas, incluindo os incas – sobretudo por meio do chuño, alimento à base de batata liofilizada que pode durar anos ou até décadas. Em 1532, a invasão espanhola pôs fim ao Império Inca, mas não ao cultivo de batatas.

Os conquistadores cruzaram o Atlântico de volta à Europa levando os tubérculos, como fizeram com outras culturas, como de tomate, abacate e milho. E, pela primeira vez na história, a batata se aventurou além das Américas.As primeiras variedades andinas de batata tiveram dificuldade para se adaptar à Espanha e outras partes da Europa continental. Mas isso não durou por muito tempo.

 

Brasil

Pesquisa mostra que 84% dos brasileiros consideram energia muito cara

Apenas 17% dariam preferência à produção de energia de fontes renováveis.

Brasil

Descoberto grupo do facebook onde funcionários de funerárias publicam sexo com cadáveres

Os casos vêm sendo investigados tanto pelo Ministério Público quanto pela Polícia Federal

Brasil

Recém-nascida morre engasgada depois de amamentação

O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou a criança à Santa Casa Álvares Machado, onde foi constatada a morte por parada respiratória

Brasil

Poderosa onda de calor deve fazer temperatura subir aos 42ºC em Santa Catarina

A onda de calor pode ter quebra de recorde entre os dias 30 de setembro e 02 de outubro

Brasil

Bolsonaro anuncia Renda Cidadã para substituir Bolsa Família e Auxílio Emergencial

Para financiar o programa, a proposta é usar os recursos de pagamento de precatório

Mais notícias