keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Conheça a primeira mulher que será governadora de SC

Santa Catarina terá pela primeira vez uma mulher como governadora. Na terça-feira (27), a atual vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido), assumirá o governo do Estado, após o afastamento de Carlos Moisés (PSL), por conta da […]

X

Santa Catarina terá pela primeira vez uma mulher como governadora. Na terça-feira (27), a atual vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido), assumirá o governo do Estado, após o afastamento de Carlos Moisés (PSL), por conta da decisão do Tribunal Especial de Julgamento na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), que ocorreu na madrugada deste sábado (24). Reinehr também era alvo de denúncia, que foi rejeitada. A votação ficou empatada e foi o voto do TJSC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina), Ricardo Roesler, que definiu a manutenção de Reinehr no governo.

Daniela Cristina Reinehr nasceu no dia 4 de abril de 1977, na cidade de Maravilha, Oeste de Santa Catarina. Aos 43 anos ela se tornará a primeira mulher a assumir o governo de Santa Catarina. Reinehr, inclusive, já havia comandado interinamente o Estado entre os dias 6 e 17 de janeiro, durante licença de Carlos Moisés. Casada e mãe de dois filhos, Reinehr é advogada há 19 anos, com experiência em Direito Empresarial, Administrativo, Comércio Exterior e Direito Civil. Além disso, é produtora rural, ex-policial militar, empreendedora e defensora das causas de pessoas com necessidades especiais.

Daniela Reinehr formou família em Chapecó, onde passou a dedicar-se ao exercício do Direito. Foi na cidade também que ela decidiu ingressar na vida política. Na época da campanha eleitoral em 2018, foi considerada uma outsider, como quase todos os candidatos do PSL, partido pelo qual ela concorreu às eleições ao lado de Carlos Moisés e que deixou em 2019.

Durante a campanha, Reinehr costumava dizer que não queria ser uma “vice decorativa” (em alusão à carta do então vice-presidente Michel Temer à presidenta Dilma Rousseff, que se tornou pública em 2015. Ele viria a assumir o cargo de presidente cerca de um ano depois após o impeachment de Rousseff) e que estaria à disposição sempre que o partido requisitasse.

Reinehr ingresso no partido em 2018 após despontar como uma liderança do movimento Nas Ruas, em Chapecó. A princípio, era pré-candidata a deputada estadual. Na convenção do partido na época, depois da decisão de apresentar um candidato ao governo, o nome da novata na política surgiu com destaque. Assim, Reinehr passou a ocupar, em 2018, a segunda posição mais importante do Executivo estadual.

Fonte: ND+

Política

Lula começa a fazer visitas no Nordeste

Leia na Coluna Esplanada desta sexta-feira (18) direto de Brasília

Política

Deputados voltam a discutir homeschooling em Brasília

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

Política

Médico de Balneário Camboriú é convocado por engano para a CPI Covid no Senado

O requerimento de convocação foi apresentado pelo senador gaúcho do Progressistas, Luis Carlos Heinze

Política

PSDB deve ter debandada de filiados após aproximação de FHC com Lula

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

Mais notícias

Geral

Dez dias após enxurrada, Camboriú volta a registrar alagamentos

Dez dias depois da enxurrada que castigou a cidade de Camboriú, o município voltou a registrar alagamentos por conta das chuvas neste sábado (19). A Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Camboriú e o […]

Cidades

Balneário Camboriú tem ruas interditadas por conta de alagamentos neste sábado (19)

A Avenida das Flores, uma das principais saídas da cidade, tem pontos de alagamentos. A via precisou ser interditada até o escoamento da água