keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Com faturamento superior a R$10 bilhões Grupo Havan comemora os resultados de 2020

Neste ano, estão previstas a abertura de 20 novas megalojas, com investimento aproximado de R$ 400 milhões e geração de 3 mil novos postos de trabalho

X

Mesmo num ano marcado por tantos desafios, o Grupo Havan fechou 2020 com faturamento de R$ 10,5 bilhões e um lucro líquido de R$ 1,3 bilhão, um resultado 30% maior que 2019. O balanço da companhia foi divulgado após ser submetido a auditoria. Atualmente, o Grupo Havan conta com 155 megalojas, presentes em 17 estados brasileiros, os quais geram mais de 20 mil empregos diretos.   

O dono da Havan, Luciano Hang, afirma que 2020 foi um ano de superação, onde mesmo com muito desafios foi possível manter os empregos e abrir 12 novas megalojas. “Não tenho dúvidas que a Havan é uma empresa de outro mundo! De onde vem esse resultado? Da nossa equipe engajada e comprometida, dos fornecedores parceiros que conquistamos, dos clientes que nos prestigiam todos os dias e dos milhões de brasileiros que amam a Havan”, destaca.  

Além de manter os empregos, Luciano fala da satisfação de pagar aos colaboradores o 14º salário, por meio do Programa de Participação de Resultado (PPR), num valor de R$45 milhões. “Nosso propósito é levar desenvolvimento econômico e social por todo o Brasil. Todo o nosso lucro é reinvestido na empresa. Prometo aos brasileiros que vamos continuar crescendo, abrindo lojas, comprando da indústria nacional, gerando emprego e renda”, afirma.  

Neste ano, estão previstas a abertura de 20 novas megalojas, com investimento aproximado de R$ 400 milhões e geração de 3 mil novos postos de trabalho, além centenas empregos indiretos, já que cada vaga gerada no comércio, reflete em outras cinco oportunidades indiretas. “Em 2021 temos planos grandiosos, a Havan completa 35 anos. Olhando para trás vejo que construímos muito, mas olhando para frente sei que estamos só no começo. Ao infinito e além!”, finaliza. 

Fonte: Visor Notícias

Economia

Com queda do PIB, economia chega ao patamar do início de 2019

Em comparação ao último trimestre de 2019, economia ficou 1,2% abaixo

Economia

Nova alta do petróleo reforça mudança na Petrobras, diz Bolsonaro

Presidente almoçou com embaixadores de países do Golfo Pérsico

Economia

Governo vai selecionar projetos de transformação digital

A estratégia visa a digitalização de 100% dos serviços públicos no âmbito federal, com economia de recursos

Economia

PIB de 2020 fecha com queda de 4,1%, revela pesquisa do IBGE

Os serviços recuaram 4,5% e a indústria, 3,5%. Segundo o IBGE, esses dois setores somados representam 95% da economia nacional.

Economia

Agência Nacional de Transportes Terrestres vai atualizar valores dos Pisos Mínimos de Frete

A variação no preço do óleo diesel no mercado nacional superior a 10% será considerada

Mais notícias

Cultura e Lazer

Namorada catarinense de Whindersson Nunes revela no Instagram onde o “bebê foi feito”

Foto da revelação foi uma das mais curtidas no Instagram no Brasil

Economia

Com queda do PIB, economia chega ao patamar do início de 2019

Em comparação ao último trimestre de 2019, economia ficou 1,2% abaixo