keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Cobra mais venenosa do Brasil é encontrada dentro de loja de móveis em SC

Vendedoras encontraram serpente na loja nesta segunda-feira

X
Foto: CBM/Divulgação

Vendedoras de uma loja de móveis e eletrodomésticos localizaram na manhã desta segunda-feira (1), uma cobra dentro do estabelecimento. O fato ocorreu por volta das 8h30 na rua Industrial José Beduschi, no Centro do município. Bombeiros foram acionados até o local para realizar a captura do animal.  

A cobra coral tinha aproximadamente 30 centímetros. A cena inusitada viralizou como ‘cobra que foi às compras’ na cidade. As vendedoras levaram o maior susto ao encontrar a serpente na loja. Até porque essa espécie é a mais venenosa do Brasil segundo a Fiocruz. Ela também integra a família das Najas e Mambas e possui veneno neurotóxico potente. 

Fonte: Visor Notícias

Geral

Porsche de Maradona na década de 1990 vai a leilão

Craque usou o veículo quando defendia o Sevilla (ESP), entre 1992-93

Geral

Março será mês chuvoso em SC, indicam meteorologistas

Os próximos dias terão pancadas de chuva em todas as regiões do estado, com nebulosidade variável. As informações são da Epagri/Ciram.

Geral

Iniciada a pavimentação da rua 440 em Itapema

Os moradores da Rua 440, no Bairro Morretes, iniciaram a terça-feira (02/03) com o movimento das máquinas e das equipes. Nesta etapa, os trabalhos são de fresagem e nivelamento do solo para em seguida realizar  […]

Geral

Acidente que vitimou o Mamonas Assassinas completa 25 anos

O jatinho onde estavam se chocou contra a Serra da Cantareira, em São Paulo

Geral

Vídeo: Família de capivara atravessa a rua em Santa Catarina

Apesar de atravessar a via fora da faixa, os motoristas respeitaram a família que, sem pressa, se deslocava de um lado a outro

Mais notícias

Coronavírus

Deputada Paulinha defende a imunização em massa da população

Ela participou da reunião da Fecam que reuniu mais de 70 gestores de municípios de Santa Catarina

Política

Conselho de Ética notifica deputados Daniel Silveira e Flordelis

Parlamentares têm dez dias úteis para apresentar defesa