keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

CDL Florianópolis faz apelo para população evitar festas e aglomerações

O munícipio enfrenta um cenário desafiador com agravamento dos casos nas unidades hospitalares.

X
Foto: Divulgação

Com o sistema de saúde a beira do colapso, a CDL Florianópolis faz apelo popular para que as pessoas tenham mais consciência e redobrem os cuidados com os protocolos de higiene e distanciamento e, principalmente, que evitem festas e aglomerações.

Para o presidente da entidade, Marcos Brinhosa, o momento é de cautela. “Estamos há mais de um ano combatendo o vírus, superamos o lockdown, enfrentamos dificuldades e por vezes ficamos sem ver nossos familiares. Não podemos afrouxar ou relaxar nos cuidados agora que estamos tão perto de vencer a pandemia”, comenta o presidente.

O munícipio enfrenta um cenário desafiador com agravamento dos casos nas unidades hospitalares. Além disso, a nova cepa da Covid-19 se torna um novo problema visto que não se sabe o grau e o poder de contaminação dessa variante. É imprescindível que os “festeiros de plantão” mudem o comportamento e a postura com urgência para não estrangular o sistema de saúde.

“Os últimos dias de carnaval, embora o ponto facultativo tenha sido cancelado em Santa Catarina, foram de festas arrojadas e aglomerações, conta que daqui alguns dias irá chegar para todos que estão se cuidando”, lamenta o presidente.

A CDL Florianópolis tem realizado instruções periódicas aos empresários das atividades produtivas, sejam do comércio ou de serviço, para que seja realizado os protocolos de segurança sanitária. Inclusive, a campanha “União e Prevenção” realizada pela Entidade no começo da pandemia e continua ativa de forma orientativa aos lojistas.

Desde a reabertura do comércio, todos os estabelecimentos têm seguido fielmente as exigências de higiene, segurança, distanciamento e permanência no ambiente para prezar a segurança tanto do colaborador quanto do consumidor.

“Mesmo diante das inúmeras dificuldades que os lojistas enfrentaram, a exemplo de não poder provar roupas/sapatos por um longo período, todos se adequaram porque entenderam que o sacrifício é necessário para que a retomada da economia ocorra”, explica o presidente da CDL de Florianópolis, Marcos Brinhosa.

Fonte: Visor Notícias

Economia

Arrecadação catarinense cresce 5,7% em fevereiro

Os segmentos que tiveram maior crescimento em fevereiro de 2021 em relação ao mesmo mês em 2020 foram o de materiais de construção

Economia

Poupança tem maior retirada líquida em fevereiro em cinco anos

A retirada líquida é a maior registrada para meses de fevereiro desde 2016

Economia

Imposto de renda pode ser revertido ao Fundo da Infância e Adolescência em Itapema

Atualmente, o Governo Municipal por meio do FIA realiza o repasse de aproximadamente R$ 1 milhão em projetos que beneficiam quase mil crianças

Economia

Santa Catarina amplia em 15% a área plantada de trigo

As estimativas são de que os catarinenses tenham colhido 171,3 mil toneladas de trigo na safra 2020/21, uma alta de 11% em relação ao ano anterior

Economia

Em busca da diversificação de suprimentos, SCGÁS realiza terceira chamada pública para aquisição de gás natural

O edital aceita também propostas de suprimento por meio de biometano, opção de insumo renovável

Mais notícias

Geral

Desenvolvimento Social entrega seis câmaras frias para agricultura familiar no Oeste

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social entregou seis câmaras frias para a agricultura familiar para Chapecó, Pinhalzinho, Bom Retiro, Lages, Canelinha e Xanxerê – uma para cada município. Os equipamentos são para modernizar as […]

Geral

Brasil é o país com maior número de vítimas de roubo de dados na internet

O percentual de usuários brasileiros que tentou abrir pelo menos uma vez links enviados para roubar dados representa 19,9%