keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Caso Mariane: Ministério Público pede prisão preventiva de pastor que teria mandado matar a esposa

As investigações comprovaram que Mariane foi morta com 25 golpes de faca na noite de 8 de abril, após pegar carona com a sua vizinha e amiga, ao sair do trabalho.

X
Foto: Arquivo Pessoal

A 2ª Promotoria de Justiça denunciou à 2ª Vara Criminal da Comarca de Itajaí três dos quatro suspeitos de serem os autores do homicídio de Mariane Quele Carmo dos Santos e pediu a conversão da prisão temporária dos denunciados em preventiva. Na denúncia constam como qualificadoras do crime a motivação torpe, a execução mediante pagamento, o uso de meio cruel e sem chances de defesa da vítima, além da qualificadora de feminicídio atribuída ao esposo de Mariane Quele Carmo dos Santos.

Os três foram denunciados por homicídio qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor – no caso do pastor, além das outras qualificadoras, a de feminicídio. A prisão preventiva foi pedida, entre outros motivos, porque eles já haviam fugido após o corpo da vítima ser encontrado e só foram capturados após a expedição do mandado de prisão temporária, cumprido pela Polícia Civil de Itajaí, que apurou, inclusive, que dois deles teriam ido para o estado de Pernambuco.

Segundo a denúncia, elaborada com base no inquérito policial, o marido da vítima planejou o crime com a sua amante, que era vizinha do casal. Esse relacionamento extraconjugal já duraria quatro anos e o motivo para que os dois matassem Mariane seria o fato de que eles queriam viver juntos sem que o pastor evangélico enfrentasse um divórcio, o que, na visão dele, poderia ser malvisto perante a sua comunidade. Além disso, após tornar-se viúvo, o pastor e sua amante poderiam usufruir dos bens deixados pela vítima.

Assim, desde o início de março deste ano, o pastor e sua amante teriam iniciado o planejamento da execução de Mariane. O pastor teria pagado um total de R$ 2,5 mil ao genro da denunciada e ao sobrinho dela, um adolescente, para que os dois a ajudassem a matar a sua esposa. Com isso, os três também teriam incorrido no crime de corrupção de menores.

As investigações comprovaram que Mariane foi morta com 25 golpes de faca na noite de 8 de abril, após pegar carona com a sua vizinha e amiga, ao sair do trabalho. No carro estariam genro e o sobrinho da denunciada, que teriam matado a vítima dentro do veículo. Em seguida, eles teriam seguido em direção a Navegantes, onde pretendiam esconder o corpo. Segundo consta, os três teriam ocultado o corpo de Mariane no Rio Itajaí-Açu, próximo à ponte de Navegantes.

O crime teria ocorrido de forma traiçoeira e cruel, sem chances de defesa à vítima, pois esta entrou no carro espontaneamente, já que era usual a sua vizinha buscá-la no trabalho e, por ter sido surpreendida, não teve oportunidade de tentar evitar o ataque. Enquanto isso, o pastor teria permanecido em casa, para ter um álibi que pudesse acobertar o seu envolvimento no crime.

Como o plano inicial de fazer a vítima desmaiar no carro para matá-la fora do veículo não deu certo, na manhã do dia seguinte eles também arrancaram a forração do interior do veículo que estava suja de sangue e as placas do carro, vindo a abandoná-lo em um local ermo na cidade de Navegantes, com o intuito de simular o furto do automóvel. Com essas ações, eles teriam tentado também ocultar o crime e dificultar as investigações destruindo provas.

Os denunciados fugiram após a descoberta do corpo. A vizinha, amante do pastor, e o genro dela estão presos em Pernambuco, onde foram capturados. O marido da vítima, mandante do crime, também cumpre prisão temporária, mas está detido em Itajaí.

Fonte: Visor Notícias

Geral

SC abre licitação para elaboração de estudo para criação de rodovia alternativa à BR-101 Norte

A abertura dos envelopes com as propostas está marcada para o dia 5 de julho

Geral

UniAvan participa da próxima edição da ExpoeduVirtual Internacional Brasil 2021

Todos os alunos podem participar gratuitamente do evento que será 100% on-line

Geral

Atenção: Chuva e frio intenso, com ventos de até 70km/h e risco de alagamentos no final de semana

De acordo com a Defesa Civil, a formação de um sistema de baixa pressão (ciclone) vai provocar rajadas de vento forte de até 70 km/h

Geral

Porto Belo ganha nova loja do Komprão Koch Atacadista

A segunda loja da rede atacadista será inaugurada no próximo dia 24 de junho, no Balneário Perequê

Geral

Mulher entra em pânico ao ver vulto estranho no quarto dos netos

O fato aconteceu em Nevada e foi divulgado pelo portal Dailymail. O vulto aparece nas imagens por volta das 3h da manhã

Mais notícias

Mundo

Grupo invade escola, mata policial e sequestra 80 alunos

Ataque é o terceiro sequestro em massa em três meses

Utilidade Pública

Obedecendo todos os protocolos de segurança, loja da Águas de Penha reabre

Colaboradores utilizam equipamentos de proteção e os clientes devem obedecer ao distanciamento entre as pessoas