keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Caso de tortura em SC choca até a polícia: Mulher era espancada pelo namorado até desmaiar

Agressor jogava água no rosto dela para que acordasse e voltasse a ser agredida

Um caso de agressão e tortura contra uma mulher de 30 anos, em Blumenau, chocou até mesmo a Polícia Civil de Santa Catarina. Foi através da mãe, que denunciou a situação, que as equipes montaram um esquema para resgatar a vítima do agressor. O caso veio à tona no dia 6 de janeiro, quando a mãe da vítima procurou a Delegacia de Proteção à Mulher e mostrou ao delegado Felipe Blos Orsi fotografias da filha com várias lesões pelo corpo.

Ela contou que vítima não queria procurar a polícia, então decidiu agir por conta própria. Preocupada com o que viu nas imagens, a polícia foi atrás da vítima. Como era monitorada o dia todo pelo namorado, que estava no apartamento dela e não trabalha, foi preciso um esquema para levar a mulher à delegacia sem levantar suspeitas.

Durante a conversa com o delegado, a mulher negou as agressões, mas com base nas fotos a polícia decidiu abrir o inquérito. Durante o sábado (8), quando se despedia do pai que veio do Paraná para visitá-la, a vítima conseguiu tirar todos da sala e pediu ajuda. Segundo Orsi, foi aí que a mulher contou que o namorado estava ameaçando fugir com o filho dela e matar os demais familiares caso a situação chegasse ao conhecimento das autoridades.

“Ela abraçou o pai e pediu por ajuda. Disse que não aguentava mais, não sabia o que fazer, que o homem estava ameaçando a família inteira, inclusive a criança. Ele dizia que não adiantava procurar a polícia, que ele tinha contatos e era protegido. Então ela estava numa situação de pânico”, relata Orsi.

A mãe voltou à delegacia na segunda-feira (10) e pediu intervenção mais uma vez. Mesmo sem a queixa formal da vítima, a Polícia Civil conseguiu uma ordem de prisão contra o homem de 26 anos e também um mandado de busca e apreensão na casa onde em tese ele mora junto com a mãe.

Numa operação com o apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), o agressor foi levado ao Presídio Regional de Blumenau na quarta-feira (12). Ele tem passagens anteriores pela polícia e até uma condenação por violência doméstica.

“O que essa mulher viveu foi situação de tortura intensa por vários dias, e o indivíduo conseguia isolar ela muitos dias depois que cometia as agressões. Ela não conseguia sair, por que ele estava controlando os passos dela”, conta o delegado. Segundo o delegado Felipe Blos Orsi, o casal estava namorando há quatro meses e o agressor permanecia a maior parte do tempo no apartamento da vítima, onde mora também o filho dela de dois anos.

A mulher contou que as agressões ocorreram em duas oportunidades. Em uma delas a tortura durou oito horas. Nesse período a vítima era espancada até desmaiar e depois o agressor jogava água no rosto dela para que acordasse e voltasse a ser agredida. Isso ocorreu na frente da criança.

Além de socos, a mulher foi agredida também com um ventilador e com uma arma. Conforme a polícia, a vítima ainda tem sequelas no rosto por causa das agressões cometidas repentinamente sem qualquer motivo. O filho da vítima também chegou a ser alvo da fúria do homem, que o sufocava com um travesseiro e disse que fugiria do país com o garoto caso a mulher pedisse ajuda.

O delegado é enfático ao ressaltar o papel da rede de apoio às vítimas de violência doméstica. Desde a família e pessoas próximas — ao identificar os sinais de violência seja ela física, emocional ou financeira —, até a polícia são fundamentais, com a oferta de amparo e segurança para que ocorra a denúncia e coleta de provas que levem o agressor à prisão.

— Provavelmente se a família não tivesse brigado para enfrentar essa situação, porque o indivíduo é muito perigoso, e nos procurado, pedido ajuda, alguém teria morrido nessa história, ou a mulher ou o menino — frisa.

Fonte: NSC

Segurança

Motociclista morre em acidente com caminhão em rodovia catarinense

Um motociclsita morreu em um acidente com um caminhão nesta sábado (22) na cidade de Massaranduba. Segundo informações dos socorristas, que são bombeiros voluntários, o acidente foi registrado no quilômetro 52 da rodovia catarinense SC-108. […]

Segurança

Laje desaba durante obra e trabalhadores ficam feridos em Blumenau

Dois homens ficaram feridos na cidade de Blumenau nesta sextaa-feira (21) após o desabamento de uma laje em uma obra de um galpão no Norte da cidade. As vítimas tem 33 e 35 anos. O […]

Segurança

Homem é detido furtando picanhas e chinelo em supermercado

Um homem foi flagrado com várias peças de picanha e um par de chinelos em um supermercado na cidade de Chapecó nesta sexta-feira (22). O criminoso foi detido por funcionários do estabelecimento. Toda a tentativa […]

Segurança

Idosa é encontrada morta com marcas de violência no dia do aniversário

O corpo tinha marcas de agressão e, horas depois, o veículo da vítima foi encontrado abandonado e queimado

Segurança

Agressor de mulher é preso após descumprir medida protetiva em SC

Nesta sexta-feira (21), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Papanduva, prendeu preventivamente um homem por descumprir medida protetiva, em virtude da aplicação da Lei Maria da […]

Mais notícias

Segurança

Motociclista morre em acidente com caminhão em rodovia catarinense

Um motociclsita morreu em um acidente com um caminhão nesta sábado (22) na cidade de Massaranduba. Segundo informações dos socorristas, que são bombeiros voluntários, o acidente foi registrado no quilômetro 52 da rodovia catarinense SC-108. […]

Segurança

Laje desaba durante obra e trabalhadores ficam feridos em Blumenau

Dois homens ficaram feridos na cidade de Blumenau nesta sextaa-feira (21) após o desabamento de uma laje em uma obra de um galpão no Norte da cidade. As vítimas tem 33 e 35 anos. O […]