keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Casan implanta racionamento de água na Grande Florianópolis

X

Por conta da baixa nos reservatórios, devido à estiagem que afeta diversas regiões de Santa Catarina, a Casan informou nesta terça-feira (26), que o fornecimento de água em seis bairros da região continental de Florianópolis e dois de São José foram suspensos. Em comunicado, a empresa informou que foi necessário o corte do abastecimento nos bairros Estreito, Coqueiros, Capoeiras, Jardim Atlântico, Monte Cristo, Itaguaçu, da Capital e de São José, Campinas e Kobrasol estão sem água. A interrupção no abastecimento durante todo o dia – das 9h às 20h – deve-se à estiagem que reduz em cerca de 70% o volume do Rio Pilões, principal manancial de abastecimento do Sistema Integrado.

Para compensar a perda, a Companhia vem realizando uma série de operações, como a implantação de uma 4ª Bomba principal na Estação de Recalque de Água Bruta (ERAB) do Rio Cubatão, que deve ser acionada até o fim desta semana. Até sábado, portanto, não está descartada a hipótese de interrupções no abastecimento em outras áreas da Região Metropolitana, as mais altas ou pontas de rede. “Por isso é fundamental que toda a população, afetada ou não diretamente, colabore e reduza seu consumo habitual de água” explica o engenheiro Joel Horstmann, Superintendente Regional Metropolitano.

Em fase final de instalação, a 4ª Bomba injetará mais 500 litros/segundo (l/s) na captação do Cubatão a partir de sábado. Outras bombas complementares foram instaladas, num total de 12, permitindo que a ERAB Cubatão chegue à capacidade de 2.200 l/s, reduzindo a dependência do Rio Pilões – cuja vazão caiu de 2.100 l/s para 650 l/s devido à falta de chuvas.

Somente a 4ª Bomba representa um investimento de R$ 2 milhões. Fabricada no Rio, recebe motor de 1.300 CV de potência importado da Índia. Desde sexta-feira há uma grande movimentação na ERAB, um trabalho que envolve engenheiros, técnicos e guindastes devido às dimensões e peso dos equipamentos.

ADUTORA ATRASADA

A 4ª Bomba principal e as 12 bombas complementares foram instaladas para suprir o atraso na licitação da nova adutora de 800mm que aumentará ainda mais a capacidade da ERAB Cubatão. A demora na obtenção de licença ambiental, a falta do interesse das empresas durante a primeira abertura de preços (“licitação deserta”) e atrasos gerados pela pandemia para licitar novamente retardaram o processo de uma obra prevista para junho. A CASAN refez a licitação e estabelece um novo cronograma para a obra até dezembro.

Geral

Supercarro atinge velocidade de 532 km/h

Teste de velocidade aconteceu em uma rodovia, o que deixa o recorde incontestável

Geral

VÍDEO: Filhote de baleia é transportado pela BR-101 em Santa Catarina

PRF e Polícia Militar Ambiental auxiliaram no transporte pela rodovia

Geral

Pato é resgatado em praia usando meias e com um crucifixo no pescoço

Animal estava amarrado com as meias para que não pudesse andar pela praia

Mais notícias