keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Carreta roubada no Paraná é encontrada em SC, motorista está desaparecido há mais 24h

Carreta foi roubada e recuperada no mesmo dia pela PRF

Policiais rodoviários federais localizaram no final da tarde de segunda-feira (20), na BR-101 em Garuva, uma carreta roubada na manhã do mesmo dia no Paraná.

Os agentes receberam a informação de que uma carreta Volvo placas de Ponta Grossa/PR estava aparentemente abandonada no pátio de um posto de combustíveis às margens do km 10 da rodovia. Chegando ao local, os policiais encontraram a cabine trancada e fechada com cortinas. Com autorização telefônica da empresa proprietária, quebraram o vidro lateral para abrir a porta mas não encontraram ninguém no interior. Na carroceria atrelada ao cavalo-trator, a carga de cerveja estava aparentemente intacta.

Segundo a empresa, o motorista responsável segue sem fazer contato há mais de 24 horas. A ocorrência foi levada à Delegacia de Polícia de Garuva, que vai prosseguir nas investigações para descobrir os autores do crime e o paradeiro do motorista desaparecido.

Segurança

Trio é condenado a mais de 60 anos de prisão durante júri ocorrido em São João Batista

Dois homens e uma mulher foram condenados em sessão do Tribunal do Júri promovida nesta quarta-feira (25/11), na comarca de São João Batista, a penas que somadas ultrapassam 60 anos de reclusão. A sessão, presidida […]

Segurança

Homem é preso por violência doméstica e por posse ilegal de arma de fogo

A Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão e prendeu em flagrante um homem de 39 anos por posse irregular de arma de fogo. Ele é suspeito de violência doméstica. Foi na quinta-feira(26), em […]

Segurança

Homem que praticava roubos em Imbituba é preso

Em ação conjunta, as Polícias Civil e Militar cumpriram dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão e capturaram um homem por roubo. Foi na manhã desta sexta-feira (27), em Imbituba. O […]

Segurança

Suspeitos de aplicar golpe do ‘Motoboy’ contra idosos em SC são presos

Golpes começavam quando as vítimas, todas idosas, recebiam ligações telefônicas de uma pessoa se dizendo funcionária de um banco

Mais notícias