keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Carnaval fora de época é cancelado no Rio de Janeiro

Paes explicou que o carnaval exige uma grande preparação por parte dos órgãos públicos e das agremiações e instituições ligadas ao samba, o que ele não considera possível fazer nesse momento.

X
Desfile das escolas de samba do Grupo Especial no Sambódromo da Marquês de Sapucaí. Portela.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, decidiu suspender o carnaval fora de época que havia sido planejado para julho. A criação de um carnaval anual no início do segundo semestre foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e sancionada pelo governador em exercício, Claudio Castro.

A decisão da Prefeitura do Rio de Janeiro foi anunciada na tarde desta quinta-feira (21), no perfil de Eduardo Paes no Twitter:

Paes explicou que o carnaval exige uma grande preparação por parte dos órgãos públicos e das agremiações e instituições ligadas ao samba, o que ele não considera possível fazer nesse momento.

“Dessa forma, gostaria de informar que não teremos carnaval no meio do ano em 2021″, disse o prefeito, que completou: “certamente em 2022 poderemos (todos devidamente vacinados) celebrar a vida e nossa cultura com toda a intensidade que merecemos”.

O projeto que prevê a realização anual de um carnaval fora de época em julho foi sancionado na semana passada pelo governo do estado, que ainda não definiu a data da celebração. Na época, o governo esclareceu que a lei visa a estimular o turismo, o lazer e a economia, mas apenas possibilita que o evento seja realizado, o que irá depender das recomendações das autoridades sanitárias.

A celebração foi batizada de CarnaRio e, segundo a lei, a organização deve ser discutida entre a Secretaria de Estado de Cultura, as ligas de Escolas de Samba, agremiações e blocos carnavalescos.

Antes da aprovação da lei, o adiamento do carnaval para julho já havia sido anunciado pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) e por grupos que representam blocos de carnaval tradicionais da cidade. As escolas de samba do grupo especial já haviam sorteado a ordem dos desfiles, que estavam previstos para ocorrer nos dias 11 (domingo) e 12 (segunda) de julho.

Apesar disso, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, havia reiterado, em dezembro, que a vacinação da população contra a covid-19 seria fundamental para a realização do evento.

Fonte: Agência Brasil

Brasil

Loteria: começam hoje as apostas para a Dupla de Páscoa

Sorteio será em 3 de abril e prêmio estimado é de R$ 30 milhões

Brasil

Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás

Reajuste será nas refinarias e entra em vigor amanhã

Brasil

INSS divulga calendário de retomada da prova de vida

Segundo dados apresentados por Rolim, a suspensão da obrigatoriedade levou 5,3 milhões de aposentados e pensionistas a não realizarem o procedimento

Brasil

Idosa de 117 anos é vacinada contra a Covid-19

A idosa recebeu a primeira dose do imunizante Oxford/AstraZeneca dentro de casa

Brasil

Globo faz testes para Covid-19 no ‘BBB21’ após participantes manifestarem sintomas

O público e a emissora ficaram preocupados com os participantes

Mais notícias

Segurança

Médico é espancado após alertar sobre riscos da Covid-19

Médico infectologista foi espancado na sexta-feira (26)

Segurança

Tragédia: Pai encontrou filho morto em silo de 10 metros de profundidade

Ele teria ido até o local furtar fios de cobre quando caiu na cerealista de fábrica abandonada