keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Caminhoneiros não descartam bloqueio total da BR-101 em Santa Catarina

Manifestação teve início na terça-feira e segue em diversas cidades de SC

X
Valter Campanato/Agência Brasil

O bloqueio total da BR-101 não é descartado pelos caminhoneiros que participam da manifestação em Santa Catarina. A paralisação dos caminhoneiros que começou como um ato na terça-feira (7), continua nesta quarta-feira (8) em diversas rodovias catarinenses, das federais às estaduais. A manifestação pode, inclusive, prejudicar o abastecimento de combustível em Joinville e região, como aponta o Sindipetro.

Sobre o fechamento total um caminhoneiro disse que “pode ocorrer, assim que as coisas não forem do jeito que estamos lutando. Pela política brasileira e a democracia estiver em caminhos errados vamos lutar sempre”, finaliza. Conforme a PRF, o procedimento quando há bloqueio nas rodovias é negociar com os manifestantes para que o protesto seja breve. Não há previsão de por quanto tempo os pontos de paralisação serão mantidos.

Para as próximas horas, a categoria planeja novos bloqueios na BR-101 em Santa Catarina. Os próximos pontos a serem fechados pelos caminhoneiros que seguem mobilizados na manifestação deve ser na região Sul do Estado ainda nesta quarta-feira (8). O grupo se concentra em um posto de combustível às margens da rodovia no bairro Sanga da Areia, em Araranguá. Os manifestantes se preparam, neste momento, para realizar bloqueios para caminhões em ao menos cinco pontos da rodovia federal.

A informação foi divulgada pelo repórter da NDTV/Criciúma, Juno César, que está no local. Segundo o portal, os pontos de bloqueio de caminhões ocorrerão no trecho da BR-101 em Maracajá, Araranguá, Sombrio, Santa Rosa do Sul e em Torres (RS). Ainda segundo a última atualização da PRF (Polícia Rodoviária Federal), já existe um ponto de bloqueio no km 451 da BR-101 em São João do Sul.

“Nós caminhoneiros estamos todos juntos e firmes. Temos bastante gente e pessoal nosso daqui da região. Tem um pessoal nosso em Brasília para brigar pelo direito nosso e lutar sempre. As marginais estão paralisadas”, explica o caminhoneiro e participante do protesto, Sandro Pereira da Luz.

De acordo com ele, nos bloqueios não será tirado o direito de ir e vir das pessoas. “Paralisação pacífica. Estamos aqui para acolher todo mundo e usufruir do direito de ir e vir. Não podemos trancar e dizer que tem que parar. Estamos aqui para uma mobilização pacífica”, comenta ele.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Homem só permitia que enteada de 11 anos saísse para brincar em troca de atos sexuais

As investigações apontam que o padrasto abusou sexualmente da menina dos 11 aos 12 anos

Segurança

Briga familiar termina com policial baleado e homem morto

A ambulância foi acionada, atendeu a ocorrência e encaminhou o agente baleado para o Hospital São Camilo, em Imbituba

Segurança

Motociclista morre após bater em carro estacionado

A motorista do carro também foi atendida, pois estava com sinais característicos de crise nervosa

Segurança

Operação histórica: Polícia estoura fábrica de traficantes e apreende R$10 milhões em drogas sintéticas em SC

Essa operação rendeu o que já é considerada uma das maiores apreensões de drogas sintéticas do Brasil

Mais notícias

Mercado Imobiliário

Vídeo: Gestão Lucrativa do Tempo é tema da Academia Imobiliária desta semana

No Mercado imobiliário SC, toda semana, nosso consultor, Estevão Guerreiro, apresenta dicas e alternativas para quem já atua no setor e quer vender ainda mais. É a nossa “Academia Imobiliária. Nesta semana o tema foi […]

Mercado Imobiliário

Vídeo: Itapema contará com novo hotel da rede Intercity Hotels

O foco é atender clientes dos mais diversos públicos, mas principalmente àquele hóspede que busca um bom custo benefício para se hospedar em um curto período de tempo.