keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Camboriú realiza 1° Encontro Municipal de Produtores de Arroz Irrigado 

  Evento realizado pela Secretaria de Agricultura, em parceria com a Epagri e o Sindicato, busca repassar novas técnicas de manejo da cultura

X

O arroz irrigado é a principal atividade agrícola de Camboriú. Com técnicas que passam de geração para geração, a atividade é responsável pela renda de muitas famílias e movimenta a economia camboriuense. Por isso, a Secretaria de Agricultura, realizará no dia 18 de agosto o 1° Encontro Municipal de Produtores de Arroz Irrigado do município. O evento tem o apoio da Epagri, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Camboriú (Sitruc) e do Núcleo dos Técnicos Agrícolas do Baixo Vale do Itajaí. Contará com quatro palestras, que serão realizadas no salão da Capela Nossa Senhora do Rosário, na localidade do Braço.
 
Direcionado aos produtores de arroz, estima-se que o evento contemple cerca de 50 famílias, além de empresas e autoridades do município. O secretário de Agricultura, Eduardo Melo Rebello, o Dado, aponta que existam cerca de 950 hectares de áreas plantadas. “Com a produção, são geradas 152 mil sacas por safra, que refletem numa renda estimada de 7 milhões de reais. Por conta de todo esse cenário, é necessário criar esse diálogo com os agricultores”, pontua. Ele defende que o encontro tem também a finalidade de valorizar os produtores de arroz e dar uma oportunidade de integração entre as famílias produtoras de Camboriú.
 
Para o extensionista da Epagri, Oderlei Marcio Anschau, o evento também possui um perfil conscientizador. “Se discute muito o conflito ambiental. Muitas famílias possuem arrozeiras às margens de rios, por exemplo. Com esse encontro, podemos impulsionar a diminuição da poluição do uso de recursos naturais, atrelando a prática com a valorização do meio ambiente”, enfatiza Anschau.  
 
O encontro iniciará com uma palestra sobre o uso sustentável da água na cultura do arroz irrigado, ministrada por Marcos Lima Campos do Vale, pesquisador da Epagri. Em seguida, Fabiana Schmidt, engenheira agronômica e também pesquisadora da empresa, apresenta uma palestra sobre o manejo da fertilidade dos solos das lavouras arrozeiras.
 
João Paulo Franzner, da Urbano Agroindustrial, fica responsável pela conversa sobre o mercado do arroz irrigado. Harry Dorow, presidente da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil), ministrará uma palestra sobre cooperativismo e o evento se encerrará com uma rodada de negócios e apresentações culturais. O encontro tem apoio da Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), da Cooperativa Regional Agropecuária Vale do Itajaí (Cravil) e da Urbano Agroindustrial. 
 

Cidades

Caixa padrão: Águas de Penha utiliza equipamento para a segurança do consumo

Com o objetivo de facilitar o acesso ao cavalete para leitura do consumo e proteger o hidrômetro, imóveis que têm acesso à água tratada precisam instalar a caixa padrão. O hidrômetro é responsável por realizar […]

Cidades

Águas de Camboriú orienta: consumo consciente ajuda a preservar fontes hídricas

O Brasil é um dos países que possui a maior disponibilidade de água doce do mundo, 12% de todo este recurso doce do planeta. Entretanto, na última década, muitos lugares têm sofrido com uma crise […]

Cidades

Câmara de Itapema comemora os 59 anos da cidade

Os últimos 10 anos na Câmara de Itapema tem sido de modernização. Investimento na estrutura física, mas principalmente em novas tecnologias

Cidades

Idoso de 64 anos serão vacinados a partir de quinta-feira (22) em Navegantes

A aplicação das vacinas acontece, como de costume, no drive-thru do Fort Atacadista, localizado na Av. Nereu Liberato Nunes, 579, no Centro, das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30

Cidades

Porto Belo passa a apoiar Rede Feminina de Combate ao Câncer de Itapema

Em 2020, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Itapema realizou 56 exames de mamografia digital em mulheres moradoras de Porto Belo

Mais notícias

Cidades

Caixa padrão: Águas de Penha utiliza equipamento para a segurança do consumo

Com o objetivo de facilitar o acesso ao cavalete para leitura do consumo e proteger o hidrômetro, imóveis que têm acesso à água tratada precisam instalar a caixa padrão. O hidrômetro é responsável por realizar […]

Cidades

Águas de Camboriú orienta: consumo consciente ajuda a preservar fontes hídricas

O Brasil é um dos países que possui a maior disponibilidade de água doce do mundo, 12% de todo este recurso doce do planeta. Entretanto, na última década, muitos lugares têm sofrido com uma crise […]