keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Camboriú prorroga prazo para renegociação de dívidas

Contribuintes agora têm até o dia 31 de outubro para negociar dívidas com a Prefeitura aproveitando descontos de 50 a 100% em juros e multas. Cerca de duas mil pessoas já aderiram ao programa

Foi prorrogado para até o dia 31 de outubro o Programa de Pagamento Incentivado (PPI) em Camboriú. Contribuintes que aderirem ao programa contam com descontos de 50 a 100% nas multas e juros em pendências junto à Prefeitura, como as dívidas referentes ao Imposto Predial e Territorial (IPTU), imposto sobre serviços (ISS), taxas de alvarás, multas, contribuições de melhorias e outros. Cerca de duas mil pessoas aderiram ao programa desde que ele iniciou, em julho deste ano.

O secretário de Finanças Fernando Garcia Junior, o Fernandinho, comenta que o PPI é uma oportunidade para o contribuinte regularizar sua situação com descontos e evitar que seu nome seja registrado nos serviços de proteção ao crédito. “É também um grande benefício para toda a cidade, porque os recursos são aplicados nos serviços públicos prestados para a população”, destaca.

Os descontos são dados de acordo com o número de parcelas. Com o pagamento à vista, é de 100% nos juros e multas. Também há possibilidade de parcelamento de 2 a 15 vezes. Os valores mínimos para as parcelas são de R$ 60 para pessoas e de R$ 120 para empresas. Mesmo as dívidas que já foram enviadas para cobrança judicial podem ser renegociadas no PPI. Nesses casos, é preciso se informar na Secretaria sobre o procedimento necessário.

Quem quiser negociar suas dívidas deve procurar a Secretaria de Finanças, que fica no prédio da Prefeitura e funciona das 9 às 13 horas e das 14 às 18 horas. Para aderir ao PPI é preciso, no caso de pessoas, cópias de RG, CPF e comprovante de residência atualizado. Para empresas, são solicitadas cópias do contrato social e CNPJ atualizados.

Os descontos em juros e multas
À vista – 100%
Em até 3 parcelas – 90%
Em até 6 parcelas – 80%
Em até 9 parcelas – 70%
Em até 12 parcelas – 60%
Em até 15 parcelas – 50%
*As parcelas não podem ser menores que R$ 60 para pessoas e R$ 120 para empresas.

Cidades

Frigorífico da Grande Florianópolis aproveitava carnes vencidas em produtos processados e embutidos

A Polícia Civil de Biguaçu, na Grande Florianópolis, abriu inquérito para investigar um frigorífico que utilizava carnes vencidas em alimentos processados. O estabelecimento foi fiscalizado e autuado pela Vigilância Sanitária da cidade em uma ação […]

Cidades

Secretaria da Agricultura interdita cultivos de ostras e mexilhões da Ponta de Baixo, em São José

Está proibido retirar e comercializar ostras, mexilhões, vieiras, berbigões e seus produtos, inclusive nos costões e beira de praia dessa área

Cidades

Itajaí é a cidade com os imóveis de maior valorização do Brasil

Variação mensal do preço de venda de imóveis residenciais foi de 1,56% em março

Cidades

Prefeito de Itapoá visita Porto Belo para conhecer Leis e Projetos

O objetivo da visita foi conhecer os projetos futuros e obras custeadas por outorga onerosa, regulamentada em Porto Belo através da Lei Complementar 42/2012

Cidades

Audiência Pública discute LDO e PPA em Porto Belo

A Lei de Diretrizes Orçamentárias, - LDO, estabelece as metas e prioridades da Administração Pública para o exercício financeiro seguinte, orientando a elaboração e execução do Orçamento

Mais notícias